Siga nossas redes sociais

Domingo, 03/07/2022

JH Notícias

Brasil

Policial militar reformado mata esposa a tiros e se entrega

Joel Morais também é ex-vereador e se entregou na presença dos advogados

WhatsApp

A Polícia Civil de Minas investiga o caso de um homem de 51 anos que matou a esposa, de 26, a tiros, na cidade de Muriaé, na Zona da Mata mineira. Policial militar reformado e ex-vereador, Joel Morais Asevedo Junior chamou advogados até a casa em que vivia com a companheira, Priscila Silva Dala Paula Asevedo, na manhã de ontem (8), e confessou o assassinato.

Sargento Joel, como o homem é conhecido, relatou ter matado a esposa com uma arma que matinha em casa e que queria entregar-se às autoridades. Ele foi levado para uma delegacia e explicou que matou Priscila com uma pistola e entregou a arma supostamente usada no crime.

A Polícia Civil pediu que Joel fosse preso preventivamente e teve o pedido concedido pela Justiça. Por ser policial da reserva, o homem foi levado para um batalhão da PM em Ubá, cidade vizinha.

Ainda não há detalhes do que levou o homem a assassinar a esposa. O casal tem um filho pequeno, de 1 ano e 10 meses, que ficou com a avó materna. O BHAZ tentou contato com o advogado do policial, mas não obteve sucesso. Ao g1, o defensor Ricardo Couri disse que o cliente está “muito abalado” e que “não lembra de nada”.

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por BHAZ

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em Brasil