Search
Close this search box.
Publicidade

MEC quer retomar oferta de vagas não preenchidas no Fies

A nova chamada deverá ser destinada a alunos já matriculados em instituições de ensino superior.
Publicidade

O Ministério da Educação (MEC) planeja oferecer, ainda neste ano, as vagas que não foram preenchidas no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), como parte de um esforço para revitalizar o caráter social do programa. A informação foi divulgada durante o seminário “Diálogo sobre a reconstrução do Fies,” promovido pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (Abmes).

Alexandre Fonseca, diretor de Políticas e Programas de Educação Superior do MEC, revelou que a intenção é retomar as vagas remanescentes, uma vez que, nos últimos 3 a 4 anos, apenas cerca da metade das vagas disponíveis foram preenchidas. A abertura das novas vagas está prevista para setembro ou, no mais tardar, início de outubro deste ano. Essas vagas serão destinadas a estudantes já matriculados em instituições de ensino superior.

Publicidade

As vagas remanescentes são aquelas que não foram ocupadas ao longo do processo seletivo regular, seja devido à desistência de candidatos pré-selecionados ou à falta de documentação na contratação do financiamento.

Fonseca enfatizou a importância de considerar o Fies em conjunto com outras políticas do MEC voltadas ao acesso ao ensino superior, como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas, e o Programa Universidade para Todos (ProUni), que concede bolsas de estudo a estudantes de baixa renda em instituições privadas. Todos esses programas enfrentaram reduções tanto no número de inscritos quanto na taxa de ocupação de vagas.

O MEC está atualmente em processo de reestruturação do Fies, que foi criado em 1999 para fornecer financiamento a estudantes em instituições de ensino privadas com condições mais vantajosas em comparação ao mercado. Desde 2015, o programa passou por diversas mudanças e ajustes devido, em parte, à alta inadimplência, ou seja, ao não pagamento das dívidas por parte dos estudantes beneficiados.

O ministério planeja resgatar o caráter social do programa com o lançamento em breve do Fies Social, que cobrirá integralmente os custos das mensalidades em instituições privadas de ensino superior. Detalhes adicionais sobre as vagas remanescentes e o Fies Social serão anunciados assim que todas as informações forem consolidadas.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias