Search
Close this search box.
Publicidade

CÂMARA FEDERAL – Silvia Cristina vota a favor de proibir negativados de realizarem apostas esportivas

Ela também foi favorável que beneficiários do bolsa família fossem proibidos de apostarem
Publicidade

Aprovado em votação simbólica durante sessão plenária realizada nesta última quarta-feira (13) na Câmara Federal, o projeto que regulamenta as apostas esportivas no Brasil teve uma emenda polêmica que foi rejeitada por maioria dos deputados.

Na proposta, que contou com o apoio do PSOL e REDE, ficava estipulado que o cidadão que estivesse com o nome sujo ou que fosse cadastrado para o recebimento de benefícios sociais como o bolsa família estaria proibido de realizar apostas esportivas.

Publicidade

Essa emenda contou com o voto favorável de apenas 82 deputados, contra 342 contrários e acabou não sendo inserida à regulação das apostas esportivas.

Entre os parlamentares que votaram a favor da proibição dos CPF’s sujos e beneficiários do bolsa família de realizarem apostas esportivas está a deputada rondoniense Silvia Cristina (PL), que teve a liberação do seu partido para escolher o que achasse melhor nessa votação.

O curioso nesse voto de Cristina é que a proibição de negativados realizarem apostas esportivas foi uma medida tomada pelo presidente Lula na MP decretada por ele no último mês de julho.

Agora o projeto segue para análise do Senado.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias