Search
Close this search box.

Lenda no cinema, Donald Sutherland, ator de “Jogos Vorazes”, morre aos 88 anos

Donald Sutherland nasceu no Canadá, em 1935. Sua grande chance na carreira veio há quase seis décadas, em “Os Doze Condenados”
Publicidade

O ator Donald Sutherland, conhecido por ter interpretado o presidente Snow na saga “Jogos Vorazes”, morreu nesta quinta-feira (20) aos 88 anos. A informação foi anunciada pelo filho, Kiefer Sutherland, nas redes sociais.

“Com o coração pesado, compartilho com vocês que o meu pai, Donald Sutherland, faleceu. Eu pessoalmente acho um dos atores mais importantes na história do cinema. Nunca assustado por um papel, bom, ruim ou feio. Ele amou o que fez e fez o que amava, e nunca se pode pedir mais do que isso. Uma vida bem vivida”, escreveu, sem detalhar a causa da morte.

Publicidade

Carreira

Donald Sutherland nasceu no Canadá, em 1935. Sua grande chance na carreira veio há quase seis décadas, em “Os Doze Condenados”, de 1967. Ele embalou o sucesso do filme com outra história de guerra em “Os Guerreiros Pilantras”, de 1970.

Logo depois, o ator interpretou um dos papéis mais conhecidos de sua carreira, o médico brincalhão Hawkeye Pierce em “M*A*S*H”, de 1970. Ele esteve ao lado de Jane Fonda, que chegou a ganhar um Oscar na época.

Ele também estreou outros grandes sucessos da época, como “Inverno de Sangue em Veneza” (1973), “Os Invasores de Corpos” (1978), “Clube dos Cafajestes” (1978), “Gente Como a Gente”(1980), “O Buraco da Agulha” (1981), “Assassinato Sob Custódia” (1989), “Cortina de Fogo”(1991), “JFK – A Pergunta Que Não Quer Calar” ( 1991), “Seis Graus de Separação” (1993), “Sem Limites” (1998) e “Orgulho e Preconceito” (2005) e vários outros.

Apesar de um currículo tão vasto, com mais de 140 filmes e passando por diversos gêneros cinematográficos, ele nunca chegou a ser indicado a um Oscar. Ele recebeu um Oscar honorário pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.

Enquanto na TV Donald Sutherland garantiu o Globo de Ouro de Melhor Ator Coadjuvante por “Bastidores da Guerra” (2002).

Anúncie no JH Notícias