Search
Close this search box.

ATAQUE MORTAL – 22 vítimas em tiroteio nos Estados Unidos

O suspeito é descrito como um homem barbudo, usa uma camisa de manga comprida e calça jeans, segurando um rifle em posição de tiro.
Imagem de câmera de segurança de um boliche mostra atirador suspeito em Lewiston, em Maine, nos Estados Unidos - Escritório do Xerife do Condado de Androscoggin/Reuters
Publicidade

Na quarta-feira, 25 de outubro, um evento trágico abalou a cidade de Lewiston, no estado norte-americano do Maine, quando pelo menos 22 pessoas perderam a vida e 50 a 60 ficaram feridas em uma série de ataques a tiros, de acordo com informações da NBC News, citando uma fonte policial local.

As autoridades estaduais, incluindo a Polícia Estadual do Maine e um xerife do condado de Androscoggin, emitiram alertas sobre a presença de um atirador ativo durante a noite, mas detalhes sobre os ataques eram escassos. A população foi orientada a permanecer dentro de suas casas com as portas trancadas enquanto as forças de segurança conduziam investigações em vários locais.

Publicidade

O gabinete do Xerife do Condado divulgou imagens de um suspeito em sua página do Facebook, solicitando a assistência do público na identificação do indivíduo. O suspeito é descrito como um homem barbudo, usa uma camisa de manga comprida e calça jeans, segurando um rifle em posição de tiro.

O Central Maine Medical Center, em Lewiston, emitiu um comunicado confirmando que estava respondendo a um incidente de “vítimas em massa” e coordenando com outros hospitais da região para receber os pacientes feridos.

Os relatos indicam que os disparos ocorreram em três locais distintos, identificados como Sparetime Recreation, Schemengees Bar & Grille Restaurant e um centro de distribuição do Walmart.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, foi informado sobre o incidente e recebeu atualizações de acordo com uma autoridade em Washington.

A governadora do estado do Maine, Janet Mills, também se manifestou, afirmando que estava ciente da situação.

Este evento trágico representa o ataque mais mortal nos Estados Unidos desde maio de 2022, quando um Atirador abriu fogo em uma escola primária em Uvalde, Texas, resultando na morte de 19 crianças e dois professores, de acordo com os registros do Gun Violence Archive.

Anúncie no JH Notícias