Siga nossas redes sociais

Quarta-feira, 25/05/2022

JH Notícias

Coronavírus - COVID-19 - Governo do Estado de Rondônia

Mundo

Vídeo: jornalistas são atacados em cidade separatista da Ucrânia

Imagens mostram que profissionais tiveram de voltar em estrada de Donetsk após tiroteio por causa do conflito armado

WhatsApp

Jornalistas internacionais foram atacados a tiros em Donetsk, cidade separatista apoiada pela Rússia e que fica ao leste da Ucrânia, durante o conflito iniciado nesta quinta-feira (24/2), a mando do presidente russo, Vladimir Putin. Vídeo mostra o momento em que os profissionais recuam às pressas dentro de um carro.

As imagens mostram que os jornalistas das agências Ruptly e RT foram surpreendidos por tiroteio enquanto seguiam de carro em uma estrada de Donetsk. “Pare, pare”, diz um deles, apavorado, no banco do carona. Em seguida, o profissional que dirige o veículo faz uma manobra e volta em alta velocidade para não ser atingido pelos disparos.

Reações rápidas
Os bombardeios contra a Ucrânia provocaram reações imediatas de líderes mundiais. Os integrantes da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e da União Europeia condenaram os ataques russos, considerados os maiores desde a 2ª Guerra Mundial (1939-1945).

Horas após o início dos bombardeios nesta quinta-feira (24/2), membros da Otan e da União Europeia se reuniram para discutir a crise e voltaram a defender a “liberdade, a democracia e a paz”. Além disso, prometeram retaliações.

“Ataque contra seres humanos”
Em pronunciamento, transmitido ao vivo de Bruxelas, Charles Michel, presidente do Conselho Europeu, afirmou que o bombardeio é “tolo” e que essa é uma violação internacional inadmissível por parte do presidente russo, Vladimir Putin.

“É um ataque contra seres humanos. A União Europeia e seus aliados condenam a Rússia. Continuaremos a enviar ajuda humanitária, financeira e militar para a Ucrânia”, frisou.

O ataque protagonizado pela Rússia contra a Ucrânia revela uma disputa desigual entre nações. Com milhares de tropas, tanques e vasto arsenal bélico, o poderio militar do país governado por Vladimir Putin é muito superior ao ucraniano, mesmo com apoio de aliados estrangeiros.

Banner publicitário da Assembleia Legislativa

Ações do Governo de Rondônia

Mapa aponta quais são as áreas bombardeadas na Ucrânia

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por METROPOLES

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade Ações do Governo de Rondônia
Publicidade

Publicidade Ações do Governo de Rondônia
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Mundo