Search
Close this search box.
Publicidade

Acidente aéreo em Rondônia resulta em morte de pai e filho

A aeronave ficou completamente destruída, com apenas a cauda restante após o choque contra a vegetação.
Publicidade

O avião a bordo do qual viajava o pecuarista Garon Maia Filho, neto do falecido patriarca Braulino “Garon” Maia, foi encontrado após o desaparecimento que mobilizou equipes da Força Aérea Brasileira (FAB) desde o último sábado (29). Infelizmente, a aeronave caiu em uma fazenda de um pecuarista em Vilhena, levando à morte do piloto Garon Maia e de seu filho, um adolescente de idade entre 12 e 14 anos.

De acordo com informações fornecidas ao jornal, um avião da FAB confirmou a queda do bimotor no meio do mato, próximo ao rio Vermelho. A aeronave ficou completamente destruída, com apenas a cauda restante após o choque contra a vegetação.

Publicidade

Relatos de um empregado da família Maia revelaram que Garon Maia Filho, experiente piloto conhecido como “Garonzinho”, havia vindo a Vilhena para abastecer o avião. Seu filho, que estava passando férias com ele, seria levado para Campos Grande (MS) hoje, onde morava com a mãe.

O local do acidente fica próximo ao rio Vermelho, e era a rota utilizada por Garon para chegar à Fazenda Uberaba, no distrito de Nova Conquista, de onde decolou e para onde retornaria.

Detalhes sobre a necropsia dos corpos e informações sobre velório e sepultamento ainda não foram divulgados.

A triste notícia comove familiares, amigos e toda a comunidade local.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias