Search
Close this search box.

CANTO DA SERPENTE: PF deflagra operação de combate ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro

A Organização Criminosa investigada era composta por 3 núcleos.
Publicidade

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta segunda-feira (06/02/2023), 02 (dois) mandados judiciais, sendo um de prisão preventiva e outro de busca e apreensão domiciliar.

As medidas judiciais são um desdobramento da operação “Canto da Serpente”, deflagrada pela Polícia Federal em novembro de 2022 para combater os crimes de integrar organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro.

Publicidade

A prisão e busca domiciliar cumpridas na data de hoje se deram na cidade de Ribeirão Preto/SP. De acordo com as investigações, o investigado preso era responsável pela compra, transporte e distribuição dos entorpecentes no interior do estado de São Paulo, além de utilizar pessoas interpostas para a ocultação dos valores oriundos do tráfico de drogas.

A Organização Criminosa investigada era composta por 3 núcleos bastante atuantes: Um núcleo cuidava da logística do tráfico – compra, transporte e distribuição, cabendo aos 2 núcleos restantes toda a movimentação financeira, que se dava por meio de ocultação patrimonial, laranjas e empresas de fachada.

Além disso, a investigação apontou que a ORCRIM teve uma movimentação financeira global de aproximadamente 1,3 bilhão de reais. Ainda, análises fiscais indicam que, apenas entre créditos e débitos de contas cujos investigados eram titulares, chega-se à monta de aproximadamente 700 milhões de reais.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Estadual de Rondônia e as penas para os crimes de integrar organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de capitais, somadas, podem chegar a mais de 43 anos de reclusão.

Anúncie no JH Notícias