Search
Close this search box.
Publicidade

OPERAÇÃO AUDÁCIA – MPRO e Forças de Segurança contra o crime organizado em Porto Velho

O objetivo principal da operação foi cumprir 26 mandados de busca e apreensão autorizados pelo Poder Judiciário.
Publicidade

O Ministério Público de Rondônia (MPRO) coordenou a Operação Audácia, deflagrada na manhã desta quarta-feira (7/2) em Porto Velho/RO, visando combater o crime organizado na região. A ação conjunta envolveu diversas instituições, incluindo a Secretaria de Estado de Segurança, Defesa e Cidadania (SESDEC), Secretaria de Estado de Justiça (SEJUS), Polícia Militar do Estado de Rondônia (PMRO), Polícia Civil do Estado de Rondônia (PCRO), Polícia Penal do Estado de Rondônia (PPRO), Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Sob a liderança do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO) e outras unidades especializadas, como Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e Batalhão de Choque (BPCHOQUE), a operação mobilizou mais de 140 policiais.

Publicidade

 

O objetivo principal da operação foi cumprir 26 mandados de busca e apreensão autorizados pelo Poder Judiciário. Esses mandados fazem parte de um Procedimento Investigatório Criminal (PIC) instaurado pelo Ministério Público de Rondônia para investigar suspeitas de crimes relacionados à constituição ou integração de organização criminosa, posse e porte ilegal de armas de fogo, receptação e tráfico de drogas, envolvendo membros de uma facção criminosa ativa na capital.

Além das buscas, a operação visava também recapturar eventuais foragidos da Justiça e cumprir mandados de prisão pendentes por outros crimes. Qualquer flagrante durante as buscas, como posse ou porte ilegal de armas de fogo, tráfico de drogas ou receptação, também seria devidamente tratado.

O nome “Operação Audácia” faz referência ao comportamento temerário de alguns investigados, que ostentam armas de fogo, grandes quantias de dinheiro e drogas nas redes sociais, em clara demonstração de desafio às autoridades e à lei.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias