Search
Close this search box.

AUMENTO DO IPTU – “Direito a moradia vem antes de qualquer coisa”, afirma Samuel Costa

Samuel Costa foi um dos mais jovens candidatos a prefeito de Porto Velho
Publicidade

Um dos candidatos à prefeito mais jovem da história de política de Porto Velho, o advogado Samuel Costa, se manifestou sobre a recente celeuma provocada pelo reajuste do IPTU em Porto Velho, que aumentou consideravelmente os valores à serem pagos pela população à prefeitura de Porto Velho.

De acordo com Samuel Costa, antes de qualquer coisa é necessário que o prefeito Hildon Chaves coloque a mão na consciência e lembre que a moradia é um dos direitos fundamentais do cidadão e que ele não poderia colocar esse princípio em xeque com um reajuste promovido sem a devida participação de quem mais é afetada com isso, o pobre portovelhense.

Publicidade

“Eu vim de uma família de trabalhadores que tinha sua casa, mas que precisavam se esforçar todo dia para botar comida na mesa e garantir a educação e o mínimo de dignidade para todos que ali viviam, agora imagina como uma família poderá arcar com aumento tão súbito e inconsistente com essa realidade econômica”, desabafou Samuel Costa.

Ainda segundo Samuel Costa, Porto Velho registra um assustador número de mais de seis mil pessoas que passam fome, isso de acordo com o próprio prefeito Hildon Chaves em recente pronunciamento na ALE/RO, fato que aumenta ainda mais a necessidade de um cuidado maior quando o assunto é o aumento de imposto à população mais pobre.

“Não podemos aceitar que além de viver em insegurança alimentar, o cidadão portovelhense passe a ter insegurança de moradia. O IPTU é importante para a gestão econômica de uma cidade, mas nenhuma gestão funciona sem humanidade, clamo que o prefeito e os vereadores tenham humanidade no debate desse tema”, finalizou Samuel Costa.

Nesta quarta-feira (9) às 9h30 acontece a Audiência Pública na Câmara de Vereadores que irá debater com a sociedade o aumento do IPTU.

Anúncie no JH Notícias