Search
Close this search box.

Luizinho Goebel cobra melhorias para a escola Nilo Coelho em Ministro Andreazza

Além da contratação de professores, ele destaca que escola precisa de uma reforma geral tanto nas partes estrutural e elétrica.
Publicidade

Uma das preocupações do mandato do deputado Luizinho Goebel (Podemos) é a busca constante por melhorias na área de educação e a situação da Escola Nilo Coelho, em Ministro Andreazza tem preocupado o parlamentar, especialmente no que diz respeito à segurança dos alunos e à falta de professor.

Preocupado com a segurança dos alunos da Escola estadual Nilo Coelho, o deputado Luizinho Goebel apresentou indicação para que a Seduc promova adequação no calçamento interno e externo da escola, que se encontra em estado precário.

Publicidade

Na parte de infraestrutura do prédio, que se encontra em situação precária, Luizinho Goebel cobra da Seduc a realização de uma reforma geral, uma vez que a estrutura da escola é antiga e não atende mais à demanda dos alunos. O parlamentar destaca que a Seduc tem dinheiro para a obra e que precisa agir rápido para proporcionar um ambiente escolar digno e moderno.

Outra preocupação do deputado diz respeito à falta de professores de determinadas disciplinas. “Já estamos finalizando o primeiro semestre do ano e os alunos da escola Nilo Coelho de Ministro Andreazza ainda estão sem aulas de matemática por falta de professor. Isso é um absurdo, um abandono da nossa educação, é um desrespeito com as famílias estudantes que estão sendo prejudicados pela falta da aula de matemática, que é essencial no currículo escolar”, afirma Goebel.

Outra cobrança feita por Goebel à Seduc com relação à recola Nilo Coelho diz respeito à quadra Poliesportiva. Através de indicação o parlamentar cobra do governo do estado uma reforma geral da estrutura física e da parte elétrica na quadra poliesportiva do educandário. O deputado aponta que os alunos também estão sendo prejudicados na prática esportiva, especialmente no que diz respeito às aulas de educação física devido às péssimas condições da quadra poliesportiva da escola e pede à Seduc atenção especial para solução do problema.

 

Texto: Assessoria parlamentar

Anúncie no JH Notícias