Search
Close this search box.
Publicidade
EcoRondônia

MAIS UMA QUEBRA DE DECORO – Geraldo da Rondônia humilha servidores na recepção do CPA e tenta agredir policial militar “você é um bosta, eu estou no meu segundo mandato”

Já passou da hora da Assembleia Legislativa dar uma resposta a sociedade rondoniense, enquanto isso o deputado continua aprontando das suas se prevalecendo do mandato.
Publicidade

Uma ocorrência policial contra o deputado estadual Geraldo da Rondônia do Partido Social Cristão – PSC, foi registrada nesta quinta-feira (17), após o parlamentar humilhar, ameaçar e tentar agredir servidores que estavam na recepção do palácio principal, Pacaás Novas, no Centro Administrativo Político – CPA, em Porto Velho. Tudo foi gravado pelas câmeras de segurança do prédio e uma cópia vai ser solicitada pelas vítimas para abertura de processo judicial.

De acordo com os denunciantes, o parlamentar chegou na companhia de dois assessores e dois vereadores de um município de Rondônia, e tinha como destino a Casa Civil, para falar com o secretário chefe, Júnior Gonçalves. Ao ser informado que a entrada de seus assessores precisava ser registrada na recepção, conforme determinação da segurança institucional do governo, o parlamentar disse que ninguém poderia barrar sua entrada e nem das pessoas que estavam com ele porque ele era deputado e estava no seu segundo mandato.

Publicidade

Uma das recepcionistas reforçou o pedido de identificação das pessoas que estavam em sua companhia, motivo suficiente para o parlamentar “surtar” e começar então o desrespeito total com todos que estavam no local. “Você é uma idiota, está de putaria comigo? Você não sabe trabalhar? Estou no meu segundo mandato e você tem obrigação de saber meus dados.

O policial militar que fazia a segurança entrou em defesa da servidora pedindo para que Geraldo da Rondônia apenas facilitasse o trabalha da recepcionista, dando início a intensa falta de respeito e mais uma quebra de decoro parlamentar, ao usar o seu cargo de deputado para humilhar as pessoas, além de cometer em tese o crime previsto no Art. 331 do código penal ao desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela.

Para agravar mais ainda sua situação, Geraldo tentou agredir o policial militar que foi humilhado e insultado. Um cidadão que esperava por atendimento no local, inconformado com a atitude do político, pediu para ele respeitar a recepcionista momento em que foi agredido verbalmente pelo parlamentar. “Fica na sua seu bosta, quem você pensa que é, você está falando com o deputado Geraldo da Rondônia, estou no meu segundo mandato”, sendo rebatido pela vítima que disse que por pessoas como o deputado Geraldo da Rondônia que o estado está do jeito que está, quase sendo agredido pelo deputado que foi contido pelos assessores.

O jornal teve acesso ao Boletim de Ocorrência Policial nº 21248170xxx, não revelado na sua integralidade, por ser um documento público com dados pessoais das vítimas, que temem represália por parte do parlamentar.

O parlamentar responde uma ação no conselho de ética por quebra de decoro parlamentar proposta pelo Diretório Regional do PROS, após sucessivos escândalos em Porto Velho e Ariquemes e Ji-Paraná.

Já passou da hora da Assembleia Legislativa dar uma resposta a sociedade rondoniense, enquanto isso o deputado continua aprontando das suas se prevalecendo do mandato.

Anúncie no JH Notícias