Search
Close this search box.
Publicidade

“NÃO VAI PASSAR” – Máximo alerta para embustes na reforma tributária

Clinicas de massagem, salão de beleza, estão entre os serviços afetados
Publicidade

O deputado Fernando Máximo (UNIÃO) se posicionou contrário a maneira como grupos governistas estão agindo para forçar a tramitação da reforma tributária dentro do Congresso Nacional.

De acordo com Máximo, estão querendo passar o projeto na calada da noite sem que aconteça um real debate entre todos envolvidos nessa reforma, que irá alterar a cobrança de tributos no país.

Publicidade

“Estou extremamente preocupado, reforma tributária, estão querendo que votem na calada da noite, isso tem que ser mais discutido com a sociedade, não pode votar de uma hora para outra, de jeito nenhum”, afirmou Fernando Máximo.

O congressista ainda alertou para pontos dentro dessa reforma que se não forem devidamente debatidos com a sociedade, levarão ao aumento considerável nos tributos cobrados aos prestadores de serviço, elevando também o custo final ao consumidor.

Deputados estão em “esforço concentrado” para votar reforma tributária

“Todos nós queremos reforma tributária, mas para baixar impostos, só que essa daqui que estão querendo aprovar, infelizmente pode aumentar vários impostos, especialmente para prestadores de serviço, cabeleireiro, manicure, pedicure, entre outros”, alertou Fernando Máximo.

Durante toda a semana a Câmara dos Deputados estará em “esforço concentrado” para a votação do texto da reforma tributária. Fernando Máximo garantiu que apenas sairá de Brasília após a definição da reforma.

“Nós não podemos deixar esse projeto passar desse jeito. Você que é de Rondônia eu nem vou aí essa semana, vou ficar de plantão para que nós não deixemos passar aumento de imposto”, finalizou Fernando Máximo.

Confira vídeo:

Combate Clean Anúncie no JH Notícias