Nota de esclarecimento e repúdio do deputado estadual Eyder Brasil

O deputado Eyder Brasil se solidariza com todos as pessoas que foram vitimadas pelo coronavírus, sabe a dor da perda de um ente querido e se coloca à disposição dos profissionais da educação para desenvolver políticas públicas de enfrentamento do covid- 19.

Política - segunda-feira, 22/02/2021 às 10h09min • Atualizado 10h48min
Nota de esclarecimento e repúdio do deputado estadual Eyder Brasil

O Deputado Eyder Brasil repudia a matéria publicada em 20/02/2021 no site do SINTERO (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Rondônia) que intitula como um absurdo o projeto de lei, de sua autoria, que estabelece as atividades educacionais com aulas presenciais como atividades essenciais.

Em que pese a matéria, o deputado espera que a ação não seja mais um “pano de fundo” do sindicato levantando suas bandeiras ideológicas e partidárias. Não quer acreditar que nesse momento de crise sanitária em que o País, sobretudo o Estado de Rondônia está vivendo, o SINTERO queira sobrepor suas ideologias frente a ação desse parlamentar que defende a tríade Deus, família e pátria.

Malgrado a matéria do SINTERO. A iniciativa do projeto de lei nasceu do clamor de muitos pais e alunos que tem feito solicitações em seu gabinete e pelas andanças no Estado de Rondônia, onde foi verificado o anseio ao retorno gradual das atividades educacionais presenciais.

As alusões trazidas na matéria em relação ao projeto de lei não condizem com a verdade. Destacamos que não há nenhum absurdo no PL. Uma Vez que a proposta dá segurança aos profissionais da educação.

Estabelece limitação da quantidade de alunos, professores e funcionários. E deixa claro, que os pais poderão optar pela educação à distância. Absurdo é cercear o direito daqueles que querem a aula na modalidade presencial.

É salutar ainda informar, que o deputado Eyder Brasil fez uma indicação ao poder executivo requerendo a antecipação da vacinação dos profissionais da educação, que atualmente se encontram na quarta fase da imunização.

O parlamentar entende o momento sensível que Estado se encontra devido a pandemia, mas ainda que esse tema seja delicado, o deputado não pode se furtar em enfrentá-lo. Considerando que todos os demais órgãos, na sua grande maioria, estão em pleno funcionamento, bem como o comércio, respeitando os protocolos sanitários. E a educação não poderá ser diferente. Uma vez que não se sabe quando será o fim dessa pandemia e que o processo de ensino e aprendizagem dos alunos rondonienses está totalmente prejudicado.

O deputado Eyder Brasil se solidariza com todos as pessoas que foram vitimadas pelo coronavírus, sabe a dor da perda de um ente querido e se coloca à disposição dos profissionais da educação para desenvolver políticas públicas de enfrentamento do covid- 19. Por fim, reforça que a intenção do projeto legislativo é trazer um norte para retomada das atividades educacionais, com foco em amenizar os dados já causados.

No mais, colocamos o gabinete Força e Honra a disposição da população para quaisquer esclarecimentos.

Por Assessoria


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email