Domingo, 17 de Novembro de 2019

Notícias de Política

OPINIÃO E POLÍTICA – Confira os vereadores que aprovaram a “OS” proposta por Hildon Chaves – Por João Paulo Prudêncio

João Paulo Prudêncio é jornalista e editor de política do jornal JH Notícias. Informações e sugestões de pauta através dos telefones (69) 99230-0591 ou (68) 99217-1709 ou no e-mail joaoprudencio65@gmail.com

Postado em 07/05/2018 às 18h30min


OPINIÃO E POLÍTICA – Confira os vereadores que aprovaram a “OS” proposta por Hildon Chaves – Por João Paulo Prudêncio

Votado

Sem muita preocupação com a opinião pública, os vereadores de Porto Velho colocaram em votação o projeto do prefeito Hildon Chaves de repassar a maioria da gestão da saúde municipal para entidades ou organizações de cunho social, sistema conhecido como “OS” e implantado em estados como Goiás e São Paulo, onde até os dias atuais está longe de ser um sucesso nessas localidades.

Aprovado

Porém, mesmo com o esquecimento do prefeito perante a casa de leis municipal, que não compareceu a Audiência Pública promovida pelos vereadores para tratar o caso, a proposta passou e Porto Velho estará integrado ao sistema de “OS” a partir desta segunda-feira (7). O grande problema é que a comunidade sequer sabe do que se trata esse projeto, nem mesmos os vereadores, já que não promoveram debates significativos sobre o tema.

Votaram sim 

  • Joelna Holder,
  • Pastor Edésio,
  • Marcelo Cruz,
  • Márcio Pacele,
  • Jacaré,
  • Marcelo Reis,
  • Maurício Carvalho,
  • Jair Montes,
  • Márcio Miranda,
  • Marcelo Reis,
  • Alan Queiroz,
  • Bengala.

Votaram não 

  • Ada Dantas,
  • Cristiane Lopes,
  • Aleks Palitot,
  • Marcio Oliveira e;
  • Luan da TV.

LEIA TAMBÉM:

► NA CAPITAL – Laboratório Marcos Donadon estará apto para integrar sistema OS de Hildon Chaves

► A TODO CUSTO – Proposta de Hildon Chaves para implantação de “OS” é votada em tempo relâmpago

Ganha força

O fato é que Hildon Chaves mostrou musculatura dentro do legislativo para aprovar tudo que lhe convém sem ter que se esforçar muito para agradar a opinião pública, uma vez que o prefeito não é muito acostumado á ter proximidade com o povo de uma forma mais ampla, ou seja, não sabe lidar com o “povão”.

Perde força

Há cada votação feita dessa forma, os vereadores vão caindo cada vez mais em descrédito com a comunidade, que renovou o quadro legislativo no último pleito na ânsia de finalmente ver mudança na forma de gestão da Casa de Leis da cidade, porém, se mostrando curvada perante ao “rei” e de costas para o povo, os vereadores vão mostrando a quem realmente servem.

Nem todos

Mas, alguns vereadores não engoliram essa afronta à sociedade portovelhense de forma passiva, a vereadora Ada Dantas (PMN), já garantiu que entrará na justiça para anular a votação, uma vez que o projeto sequer cumpriu o período regimental de três dias antes da votação para as devidas análises dos legisladores, caracterizando essa aprovação da “OS” como um ato ilegal. O caso será tratado na Justiça.

Vergonha 

A grande verdade é que fica a frustração e sensação de vergonha em grande parte dos eleitores da capital rondonienses a cada situação como essa, já que a opinião da população parece não importar e a força do vereador é na verdade conquistada através de barganhas e concessões públicas, mantendo um vínculo à um cíclico sistema que apenas corrói Porto Velho e seus moradores.

Futuro

Estão abertas as inscrições no site do Senado às inscrições para o projeto Senador por um dia, onde jovens terão a oportunidade de conhecer o trabalho legislativo por dentro. Em Rondônia um projeto semelhante concedeu ao jovem Eliardo Vicente, estudante do colégio Tiradentes, o exercício do cargo de deputado por um dia.

A coluna

João Paulo Prudêncio é jornalista e editor de política do jornal JH Notícias. Informações e sugestões de pauta através dos telefones (69) 99230-0591 ou (68) 99217-1709 ou no e-mail joaoprudencio65@gmail.com

Fonte: JH Notícias