Reforma da Previdência passa em comissão especial

A próxima etapa agora é o texto ser votado em plenário. Para ser aprovada e seguir ao Senado, o governo Temer precisa de 308 votos a favor de 513 deputados.

Brasil, Economia, Política - terça-feira, 09/05/2017 às 19h47min • Atualizado 12/12/2019 às 14h43min
Reforma da Previdência passa em comissão especial
Rapaz segura carteira de trabalho na fila de pessoas que procuram emprego no Centro de Solidariedade ao Trabalhador da Força Sindical (Estadao Conteudo/Estadão Conteúdo)

A comissão especial da Câmara dos Deputados concluiu a votação do texto do deputado Arthur Maia (PPS-BA) nesta terça-feira (9) e aprovou a reforma da Previdência, após discutir possíveis alterações no texto.

Agora, a próxima etapa é o texto ser votado em plenário. Para ser aprovada e seguir ao Senado, o governo Temer precisa de 308 votos a favor de 513 deputados, em dois turnos. O governo, porém, ainda não tem uma data definida para a votação.

O texto da reforma do relator já havia sido aprovado na quarta-feira (3) por 23 votos a favor e 14 contra. Na hora da votação dos destaques, contudo, agentes penitenciários invadiram a reunião em protesto contra a retirada da classe das regras de aposentadoria diferenciada -mesma que abrange os policiais federais, por exemplo, e a votação foi suspensa.

Das alterações possíveis, apenas uma foi aprovada.

Fonte: VEJA


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email