Search
Close this search box.
Publicidade

REFORMA TRIBUTÁRIA – “Nasceu em Rondônia e vai inviabilizar o estado”, diz Caiado sobre Pacheco

Rodrigo Pacheco é natural de Porto Velho, mas se criou e se elegeu por Minas Gerais
Publicidade

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, partiu em defesa do estado de Rondônia ao criticar as manobras realizadas pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para aprovar ainda esta semana o texto da reforma tributária no Congresso Nacional.

De acordo com Ronaldo Caiado, o presidente do Senado é rondoniense que irá inviabilizar o estado de Rondônia com a aprovação da reforma.

Publicidade

“Quis o destino que Rodrigo Pacheco, senador que preside a Casa, o qual tem tomado medidas corajosas que reafirmam as prerrogativas do Senado, esteja vestido de uma excepcionalidade que nenhum outro senador possui. Natural de Rondônia, nascido na capital Porto Velho, porém, criado e eleito senador por Minas Gerais e atual presidente do Senado, irá aceitar um texto que beneficia Minas Gerais e inviabiliza Rondônia?”, questionou Ronaldo Caiado.

Porém, de acordo com Pacheco, o texto da reforma tributária deve ser aprovado até esta quinta-feira (9) no Senado, para logo após retornar à Câmara Federal, de onde o projeto segue para a sanção presidencial.

Como tentativa de reverter a queda na arrecadação do Estado, que virá como consequência da reforma tributária, o governador de Rondônia, Marcos Rocha, conseguiu majorar o ICMS estadual para 19,5%.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias