Search
Close this search box.

Rio Madeira já começa a dar sinais do tamanho da seca que pode atingir a população

Confira as notas do dia, por Cícero Moura.
Publicidade

Etiene Gonçalves

SECA EXTREMA

Publicidade

A Defesa Civil Municipal segue realizando diariamente o monitoramento no rio Madeira, que entrou em cota de alerta chegando a medir 4,5 metros na segunda-feira (17).

ALERTA

Os moradores das comunidades ribeirinhas devem ficar atentos quanto aos riscos de animais predadores e desbarrancamentos em locais de riscos.

Leonardo Dall’Igna

DOCUMENTO

Na última semana, o prefeito Hildon Chaves encaminhou ao ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, um documento solicitando providências para prevenção e enfrentamento à possível crise hídrica em Porto Velho.

ATUAÇÃO

Com base no que for informado, estratégias serão adotadas pelo município, visando enfrentar a estiagem e uma possível escassez de água, se for necessário.

PLANO

Porto Velho se adianta com a necessidade de planejamento antecipado, com a autorização para o transporte de combustível e outros produtos, seja por meio fluvial ou por rodovias.

Admilson Knightz/Governo de Rondônia

ESTOQUE

O planejamento prevê organizar estoques buscando mitigar problemas com a seca emergencial e iminente, em decorrência de extrema estiagem que poderá afetar sobremaneira o rio Madeira, prejudicando a navegação, geração de energia, acesso à água, alimentos e medicamentos.

RIO

O coordenador da Defesa Civil, Elias Ribeiro, chegou a alertar que em virtude da redução das chuvas na cabeceira do rio, a tendência seria de recuo das águas, também devido ao início do período de estiagem conhecido como verão amazônico.

Leandro Morais

MENOS ÁGUA

A tendência para os próximos dias é de que o nível do rio Madeira diminua ainda mais, caso seja mantida a previsão dos institutos meteorológicos e da Agência Nacional de Águas (ANA).

CENSIPAM

O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam) já definiu evento com diversos órgãos estatais, para tratarem de temas relacionados à pré-seca  2024, com análise e prognósticos hidro meteorológicos.

Divulgação/Censipam/MD

PREVISÃO

O Censipam prevê que o verão amazônico de 2024 deve registrar recordes de seca e calor em Rondônia. Em casos de emergência, a população pode acionar o órgão pelos telefones 199 (Nacional), (69) 98473-2112 (contato local) ou ainda chamar uma equipe do Corpo de Bombeiros pelo 193.

PRÊMIO

Pelo segundo ano consecutivo, as medidas implantadas pelo Governo de Rondônia colocam o estado no topo da Região Norte na qualidade das informações contábeis e fiscais, concretizando um trabalho de transparência e eficiência na governança.

Arte: Divulgação

PRÊMIO 2

Segundo a Secretaria do Tesouro Nacional, o estado foi premiado nas categorias “Geral” e “Regional” de Melhor Desempenho, ficando em 3º lugar no ranking nacional e em 1º do Norte do país.

EXEMPLO

 O trabalho integrado e as boas práticas no serviço público, segundo Marcos Rocha, têm sido um dos principais motivos para garantir o reconhecimento. Para conquistar o 1º lugar na posição regional, o Tesouro Nacional avaliou municípios com mais de 100 mil habitantes.

Divulgação/Governo de Rondônia

PAVIMENTO

A  Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento  e a Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação, deram início aos trabalhos de terraplanagem na Estrada da Areia Branca, com objetivo de pavimentar cerca de cinco quilômetros.

Divulgação/Semagric

OPORTUNIDADE

O Ministério Público do Estado de Rondônia anunciou a abertura das inscrições para o Processo de Seleção de Estagiários Administrativos de Nível Médio, Nível Superior e Nível Superior Pós-Graduação.

RESERVA

As inscrições visam compor um cadastro de reserva para futuras admissões, conforme as necessidades da instituição. Para participar do certame, basta realizar o cadastramento e credenciamento pelo site, disponíveis entre 17 de junho e 2 de julho.

PROCEDIMENTO

Os interessados devem realizar o cadastro e credenciamento de forma exclusivamente online, pelo site oficial do MPRO. Após preencher o formulário eletrônico o candidato tem que enviar documentos como identidade, declaração da respectiva instituição de ensino, e notas de desempenho acadêmico.

CARGA HORÁRIA

Estudantes de nível médio cumprirão 4 horas diárias, preferencialmente das 8h às 12h, de segunda a sexta-feira, com bolsa de R$ 500,00 mensais.

SUPERIOR

Os estagiários de nível superior terão uma carga horária de 6 horas diárias, com preferência para o período das 7h às 13h, de segunda a sexta-feira, e receberão uma bolsa de R$ 1.500,00 mensais.

PÓS

Os estagiários de pós-graduação receberão uma bolsa de R$ 2.700,00 mensais. Todos os estagiários receberão auxílio-transporte de R$ 264,00 mensais.

VAGAS

As vagas são destinadas a estudantes do ensino médio (1º e 2º anos regulares e 1º ano da Educação de Jovens e Adultos – EJA) e acadêmicos de graduação com, no mínimo, 40% do curso concluído.

COMUNICADORES

A segunda edição da Formação Online Amazônia Vox, realizada em parceria com a Fundação Lemann, irá selecionar 50 participantes dos nove estados da Amazônia Legal para participar de treinamento online gratuito em seis sessões.

Divulgação

COMUNICADORES 2

As inscrições abriram no dia 17 de junho e vão até  01 de julho. As sessões serão realizadas exclusivamente online, com até 1h30 de duração, entre julho e setembro de 2024.

DINÂMICA

Os assuntos passam por ética e inteligência artificial na comunicação, produção de podcasts com temas regionais, criação e engajamento nas redes sociais, oportunidades de editais de reportagem e recomendações para não reproduzir preconceitos sobre a Amazônia no jornalismo.

ANÚNCIO

A divulgação dos selecionados ocorrerá no dia 10 de julho e a escolha dos participantes vai considerar a diversidade étnico-racial, regional e de gênero. Serão escolhidos pelo menos cinco participantes de cada estado da Amazônia Legal

Em 2023

No ano passado, o treinamento registrou quase 200 inscrições. Para esta segunda edição, foram priorizados instrutores da própria região amazônica, além de temas que apoiem os jornalistas e comunicadores na produção de conteúdo sobre a Amazônia.

CONHECIMENTO

A Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres (CPPM) e a Semagric se uniram e firmaram uma parceria para levar mais conhecimento às mulheres do campo e às feirantes, com foco na melhoria da qualidade de vida dessas mulheres.

Divulgação/Semagric

PONTUAIS

As  equipes técnicas da CPPM e da Semagric se reuniram com representantes das associações de mulheres do campo e feirantes para iniciar as tratativas e elaborar o projeto de acordo com as necessidades das trabalhadoras.

DIREITOS

Inicialmente, o intuito é abordar temas ligados a direitos básicos sobre a saúde da mulher, administração financeira, cursos de vendas, aproveitamento da produção que não é vendida e incentivar as feirantes para vender a produção das agriculturas, entre outros assuntos.

Anúncie no JH Notícias