Search
Close this search box.
Publicidade

Casas em área irregular são demolidas para construção de parque em Porto Velho; moradores pedem novo lar

Prefeitura de Porto Velho informou que as casas foram construídas em Área de Preservação Permanente (APP). Morador pede moradia em um residencial popular.
Publicidade

Pelo menos duas casas foram demolidas no bairro Mocambo, em Porto Velho, durante reintegração de posse feita pela Prefeitura na terça-feira (12). No local onde ficavam as residências, deve ser construído um eco parque.

Os moradores do bairro procuraram a imprensa para pedir ajuda. Em nota, a Prefeitura de Porto Velho informou que as casas foram construídas em Área de Preservação Permanente (APP) e, portanto, foram retiradas através de decisão judicial.

Publicidade

O Município informou também que os moradores foram informados sobre a reintegração de posse e receberam a proposta para o pagamento de um auxílio moradia, mas recusaram o benefício e também a sair do local.

Uma equipe da Rede Amazônica presenciou a ação de demolição e conversou com um dos moradores da residência. José Ribeiro, de 63 anos, é autônomo e desempregado. Ele pede a realocação para uma moradia popular.

“Não quero aluguel, eu quero uma casa. Pelo tempo que a gente mora aqui eu quero ter pra onde ir, não ficar jogado. Se tivessem falado: ‘a gente quer a área, mas tem esse canto pra vocês irem’, aí era outro benefício, melhor que esse que a gente está tendo”, aponta.

O advogado das famílias comunicou que, até o momento, as famílias não foram indenizadas com valores suficientes para a aquisição de outro imóvel e não foi ofertada nenhuma possibilidade de inclusão em habitação popular.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias