Notícias de Rondônia

DESCASO – Moradores de condomínio na capital sofrem com falta de água e pedem solução imediata da CAERD


Postado em 17/10/2018 às 19h16min

DESCASO – Moradores de condomínio na capital sofrem com falta de água e pedem solução imediata da CAERD

Moradores do Condomínio Moradas do Sul, localizado no Bairro Novo Horizonte, zona Sul de Porto Velho, procuraram a equipe de reportagem do JH Notícias informando que estão sem água há mais de 25 dias e que este problema acontece todos os anos e no período de seca, se torna ainda pior.

Responsável pelo abastecimento de água na região a Companhia de Aguas e Esgotos de Rondônia – CAERD, presta um serviço de péssima qualidade e quando procurada se omite em resolver o problema, porém, todo mês a conta de água está impressa para ser paga. Os moradores explicam que a água quando é fornecida, são em horários inesperados, porém com pouca força e eles se ajudam da maneira que podem, com doações de água para o vizinho que não conseguiu aparar a água no horário que veio. “Às vezes cai água às 6h30 da manhã, outra vez vem às 12h, tem dia que não tem de jeito nenhum, nenhuma gota de água”, relata um morador.

De acordo com o síndico do condomínio, Rozenilson Guimarães, existe um posso artesiano instalado e equipado pela Caerd no local, porém nunca foi posto em funcionamento. “Estamos sofrendo com a falta de água a tanto tempo, é injusto termos um poço artesiano com bomba instalada e pronto para uso e não poder usar, a água que chega em nossas casas, além de ser fraca, é suja e com mau cheiro”, disse.

O síndico informa que já procurou a CAERD por diversas vezes, já fez vídeos, já protocolou documentos, mas o problema nunca foi solucionado de vez. Existe várias denúncias dos descasos. “buscarei na justiça que o direito à dignidade da pessoa humana previsto na Constituição Federal seja preservado”. Disse Rozenilson Guimarães.

As mais de 150 famílias que residem no local estão em busca de uma solução para o problema, mas até o momento a única opção é pedir ajuda aos amigos e familiares para tomar banho, lavar roupa, louça e beber água, temos pessoas com necessidades especiais, temos crianças recém nascidos, é desumano o tratamento da CAERD com esses moradores. Vários moradores já acionaram a CAERD na justiça, alguns já foram indenizados, outros estão com processo em andamento, agora com certeza a busca pela justiça vai aumentar ainda mais com esse novo descaso.

Procurada, a assessoria de imprensa da Caerd informou que o fornecimento de água está normal e que estão a disposição para maiores esclarecimentos.

Por JH Notícias



MAIS NOTÍCIAS DE Rondônia