ENCHENTE – Com a ajuda do Exército, Defesa Civil retira moradores atingidos pela cheia do Madeira na Estrada do Belmont

Rondônia - terça-feira, 05/03/2019 às 09h40min
ENCHENTE – Com a ajuda do Exército, Defesa Civil retira moradores atingidos pela cheia do Madeira na Estrada do Belmont
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

Após o nível do Rio Madeira em Porto Velho chegar a cota de 17m e 30cm no domingo (3), agentes da Defesa Civil municipal com a ajuda de militares do Exercito Brasileiro, deram início a retirada de pessoas que moram em regiões próximos ao rio.

Desta vez, moradores da Estrada do Belmont sofreram novamente com a força da água invadindo suas residencias e tiveram que serem retirados e enviados para locais distintos da capital.

Anualmente, com o período de chuvas na região amazônica – dezembro a abril -, o nível do Rio Madeira aumenta. O rio atinge o máximo em abril. A cheia deste ano, ao contrário do ano passado, começou a preocupar as famílias desde Janeiro de 2019, quando o nível do rio começou a aumentar de forma descontrolada. Naquele mês, o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) já sinaliza maior risco de inundações e desmoronamentos para quem mora em bairros próximos ao Madeira.

Desde que o rio atingiu a cota de 17 metros, moradores de áreas de riscos estão sendo retirados de suas casas pelas equipes da Defesa Civil que agora tem a ajuda de militares do Exercito. Na manha desta terça-feira (5) o nível do rio apresentou um congelamento fixando em 17 metros e 23 centímetros, número que continua desde a manhã de segunda-feira.

Por JH Notícias


Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email