Search
Close this search box.

Governo do Estado realiza 1° Encontro Regional sobre Alimentação Escolar

O evento aconteceu no auditório da Escola Estadual Major Guapindaia
Publicidade

O 1º Encontro Regional sobre a Alimentação Escolar foi promovido pelo Governo de Rondônia, por intermédio da Secretaria de Estado da Educação – Seduc, na quarta-feira (19). O evento foi realizado em parceria com o Conselho de Alimentação Escolar da Seduc – Caero e a Coordenadoria Regional de Educação – CRE de Porto Velho, no auditório da Escola Estadual Major Guapindaia.

De acordo com a secretária adjunta da Seduc, Débora Raposo, o encontro tem a finalidade de levar conhecimento sobre o processo de aquisição dos alimentos aos prestadores de contas e presidentes da Comissão de recebimento de alimentos das escolas pertencentes à Rede Pública do Estado. “É necessário um encontro desta natureza. A Seduc entende que é importante formar e capacitar todas as pessoas envolvidas no processo. Os servidores precisam estar atualizados nessa temática, para manutenção dos recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar, o Pnae”, explicou.

Publicidade


Secretária adjunta Débora Raposo destacou a importância da capacitação dos servidores nas compras da merenda escolar

O presidente do Caero, Vladmir Oliani explicou que, é função do Conselho acompanhar e fiscalizar a alimentação de todas as escolas do Estado. “A missão é fazer com que cada escola faça a aquisição dos alimentos e que seja cada vez mais da agricultura familiar. Nosso intuito aqui, nesse encontro, é dirimir as dúvidas dos gestores quanto à forma correta da aplicação dos recursos do programa”, pontuou.

A nutricionista e responsável técnica pelos Programas de Alimentação Escolar da Seduc, Regina Rodrigues destacou que, a merenda escolar, muitas vezes é a única alimentação que o aluno terá no dia. “Com uma alimentação de qualidade como a que o Governo de Rondônia vem proporcionando, o estudante certamente aprende mais e melhor. O Estado vem aplicando recursos próprios para aquisição desses alimentos e dando vez aos produtores rurais, fomentando também a economia local”, salientou.

Anúncie no JH Notícias