Search
Close this search box.

O JOGO VIROU – Para não fechar, abatedouros do Paraná compram gado de Rondônia

Rondônia é líder nacional do setor
Publicidade

O setor de abatedouros do estado do Paraná vem sofrendo uma redução da forma drástica nos últimos anos, um dos golpes mais recentes foi no último dia 10 de janeiro com o fechamento de uma das maiores plantas de abate do estado, levando a centenas de desempregados e forçando o sindicato do setor a emitir um pedido de socorro ao governado paranaense.

De acordo com o sindicato, várias plantas de abate do Paraná estão recorrendo à compra de gado provenientes do estado de Rondônia, isso porque ambos os estados têm permissão para realizar negócios de forma direta por serem áreas consideradas livres da febre aftosa.

Publicidade

Rondônia é o estado que possui o maior numero de cabeças de gado dentro das regiões destacadas como livre da febre aftosa, a contagem em 2022 foi de 17,687 milhões de cabeças. Esse selo é internacional e coloca Rondônia em um papel importante no setor.

O fato de Rondônia está fornecendo cabeças de gado para manter frigoríficos no Paraná, um dos estados mais ricos do país, mostra a força da agropecuária rondoniense, que há muitos anos se tornou a mola propulsora da economia do Estado.

Anúncie no JH Notícias