Search
Close this search box.
Publicidade

PECUÁRIA – Para cada portovelhense, existem três cabeças de gado, aponta IBGE

A capital de RO possui o terceiro maior rebanho bovino do Brasil
Publicidade

Divulgada nesta quinta-feira (21), a Pesquisa da Pecuária Municipal – PPM, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, fez o levantamento do rebanho bovino brasileiro, que em 2022 bateu o recorde de 234,4 milhões cabeças de gado, presentando um crescimento de mais de 4,5% em relação à 2021.

“A produção de bovinos vem aumentando, desde 2019, devido aos bons preços da arroba e do bezerro vivo. Houve um processo de retenção de fêmeas para reprodução, devido aos preços mais atrativos. Ainda temos em 2022, uma consequência desse comportamento iniciado no final de 2019. Mas a expectativa é de que a alta dos preços tenha se encerrado em 2022, quando observamos, também, aumento no abate de fêmeas”, disse em entrevista, Mariana Oliveira, analista da PPM.

Publicidade

Entre os municípios brasileiros, Porto Velho (RO) é terceiro em numero de rebanho bovino, 1,68 milhão de cabeças de gado. Para ser ter comparativo, na capital de Rondônia existem em média três cabeças de gado para cada habitante.

No ano de 2022, o valor de produção do setor pecuário ultrapassou os R$ 116 bilhões, representando um aumento de 17,5% em relação ao ano anterior. O ponto negativo fica para a produção de leite, que de acordo com o estudo, caiu 1,6% entre 2021 e 2022.

Confira ranking bovino dos municípios:

Combate Clean Anúncie no JH Notícias