Planejamento de Infraestrutura de tecnologia para 2020 pode atender mais de 25 mil solicitações

Rondônia - sexta-feira, 14/02/2020 às 15h39min
Planejamento de Infraestrutura de tecnologia para 2020 pode atender mais de 25 mil solicitações

Em 2018, servidores do Governo de Rondônia requisitaram um pouco mais de 7 mil serviços voltados à tecnologia. No ano de 2019, esse quantitativo quase dobrou, foram mais 13 mil demandas. Segundo dados do planejamento de infraestrutura de 2020, neste ano as solicitações de serviços podem chegar a 25 mil demandas.

Muitos desses serviços estão voltados para acesso, alteração e movimentação no Sistema Eletrônico de Informações (SEI), além de conectividade de Wi-FI, manutenção em rede, instalação e manutenção de telefones voip, habilitar e desabilitar usuário, gestão e governança em Tecnologia da Informação e Comunicação, assim como vários outros.

Todos são prestados pela gerência de Infraestrutura da Superintendência do Estado para Resultados (EpR), em conjunto com as gerências de tecnologia da informação implantadas nas secretarias e órgãos de âmbito estadual. Com isso é esperado que os sistemas tenham continuidade no atendimento à população, assim como melhoria nos serviços que já estão sendo prestados e implantar novos serviços por meio dessas solicitações.

Com a implantação de novos serviços pode-se conseguir aumento nos clientes ativos da Rede de Fibra óptica Infovia e caso seja realizada Parceria Público Privada (PPP), esse alcance cresce para todo o estado de Rondônia. E também a implantação de operação de manutenção preventiva, o que pode minimizar problemas dos órgãos que registram incidentes.

De acordo com o superintendente da EpR, coronel Delner Freire, com o planejamento também será possível implantar serviços de detecção e prevenção de códigos maliciosos de sequestro de informações, assim capacitar profissionais para essas demandas. “As ações de melhoria implantadas em 2019 serão mantidas em 2020 e também haverá programa de capacitação para todas as TI’s do Estado, objetivando o aperfeiçoamento da equipe”, diz Delner.

Umas das novidades nesse planejamento é o desenvolvimento de Dashboard. Essa ferramenta funciona para acompanhamento de precificação dos serviços que estão sendo realizados por parte dos setores de infraestrutura.

Outro serviço que integra o planejamento, segundo Gabriel Carrijo, gerente de infraestrutura, é a criação e implantação de políticas estaduais voltadas para segurança da informação, acesso, privacidade de dados, backup’s e planos de contingência e recuperação de desastres. “Os sistemas de segurança vão funcionar de forma automatizada e moderna, trazendo mais confiabilidade” ressalta o gerente.

Por Secom


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email