Search
Close this search box.

PROGRESSO – “Lula é o pai da Ponte Bi-Nacional”, afirma Samuel Costa

O projeto e execução da obra é uma iniciativa do Governo Lula
Publicidade

No cenário político de Rondônia, tem havido controvérsias em relação à paternidade da Ponte Bi-Nacional Brasil e Bolívia. Políticos locais tentam esconder o fato de que o projeto e execução da obra é uma iniciativa do Governo Lula, presidente do Brasil, e que sua construção só está sendo possível graças à visão humanitária do atual Governo Federal, mesmo tendo recebido apenas 30% dos votos no estado.

Nesse contexto, o ex-presidente Lula tem atuado como um estadista, buscando trazer novamente o desenvolvimento, emprego e renda para Rondônia, de acordo com a perspectiva do advogado e professor Samuel Costa.

Publicidade

“A Ponte Bi-Nacional representa uma oportunidade significativa de integração e fortalecimento das relações entre Brasil e Bolívia, promovendo o desenvolvimento econômico e social da região. É importante que se valorize o bom senso do Governo Federal, que possibilitou avanços importantes em meio a disputas políticas.” afirma Costa

O futuro da região de Rondônia parece depender da capacidade dos líderes em reconhecer e trabalhar conjuntamente por projetos benéficos, independentemente de colorações partidárias, e ao mesmo tempo, considerar as necessidades e aspirações das comunidades locais.

O cenário político pode ser dinâmico e complexo, mas é fundamental que as discussões se pautem em argumentos sólidos e informações transparentes para que a população possa tomar decisões informadas sobre o seu futuro e o desenvolvimento da região.

Anúncie no JH Notícias