Search
Close this search box.
Publicidade

Semana D de Vacinação encerra nesta sexta-feira (15), em Porto Velho

Unidades de Saúde permanecem abertas até as 20h30 com todos os imunizantes disponíveis
Publicidade

A Semana D de Vacinação encerra nesta sexta-feira (15), na capital. Nesses últimos dias, a Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), orienta a população para que busque as unidades de saúde e se imunize contra a gripe e outras doenças.

Lançada no dia 11 deste mês, a Semana D de Vacinação disponibiliza nas unidades de saúde do município, até as 20h30, todos os imunizantes presentes no Plano Nacional de Imunização, inclusive o da gripe. Apenas as USFs Santo Antônio, Vila Princesa e Areal da Floresta, não participam da campanha.

Publicidade

Além disso, o Parque da Cidade, que recebe desde novembro a decoração do Natal Porto Luz 2023, também tem sido um ponto de vacinação nessa Semana D. No local, a aplicação dos imunizantes acontece das 18h às 20h30.

A estratégia lançada pela Prefeitura em ampliar os horários de vacinação tem como objetivo elevar os índices de vacinação contra a gripe e outras doenças.

Segundo a plataforma Localiza SUS, que monitora os indicadores de vacinação, apenas 18.859 pessoas foram imunizadas contra a influenza até o momento, em Porto Velho. Esse número representa 7,23% de cobertura vacinal. Resultado que está bem abaixo da meta recomendada pelo MInistério da Saúde que é de 90%.

FACILIDADE

Esta é a primeira vez que a estratégia de antecipação da campanha aconteceEsta é a primeira vez que a estratégia de antecipação da campanha acontece

O horário de atendimento estendido até as 20h30 foi apontado como uma excelente alternativa e facilitador do acesso da população ao serviço de vacinação. Sid Barbosa, analista de sistema, aproveitou a Semana D para se imunizar contra a gripe. Procurou a unidade de saúde Osvaldo Piana após as 18h, quando saiu do trabalho.

“Se não fosse esse horário ampliado eu não teria me vacinado ainda, pois trabalho até as 18h. Achei essa iniciativa muito inclusiva, realmente ajudou quem trabalha durante horário comercial”.

Em outro ponto da capital, Antônio Renato diz que se surpreendeu ao encontrar um ponto de imunização no Parque da Cidade. A opção ajudou o motorista a atualizar duas vacinas que estavam atrasadas. “Tomei logo duas, gripe e a bivalente contra a covid. Foi realmente surpreendente essa ação, pois vim visitar a decoração natalina e não imaginei que sairia vacinado. Parabéns pela iniciativa”.

NOVA CAMPANHA

A campanha de vacinação contra a influenza foi iniciada na capital, e em toda a região Norte, no último dia 13 de novembro e seguirá até o dia 15 de dezembro deste ano. Esta é a primeira vez que a estratégia acontece nesse período do ano.

A medida, adotada de forma inédita pelo Ministério da Saúde, busca atender às particularidades climáticas da região, que, nesta época do ano, tem o “inverno amazônico”, período de maior circulação viral e de transmissão da gripe. Antes, a campanha era realizada entre os meses de abril e maio do ano seguinte, em todo o país.

QUEM PODE SE VACINAR?

Em Porto Velho, a vacinação foi direcionada inicialmente para grupos prioritários, a exemplo de crianças menores de 6 anos, trabalhadores da saúde, gestantes, professores, entre outros. No entanto, para ampliar a oferta do imunizante, a Prefeitura de Porto Velho utilizou a estratégia de liberar a vacinação para pessoas acima de 6 meses de idade, desde o dia 24 de novembro. Para se vacinar, é necessário que o cidadão esteja com o cartão do SUS ou CPF.

NOVA DOSE

Ainda segundo a coordenadora da Divisão de Imunização da Semusa, mesmo quem já tomou a vacina contra a gripe neste ano, deve receber a nova dose. “A nossa campanha foi antecipada, então, mesmo se o paciente já tomou a vacina contra a gripe no início do ano ou até mesmo no mês passado, deve tomar a nova dose, mas claro, respeitando o prazo de 30 dias entre uma dose e outra”, disse Elizeth.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias