CORONAVÍRUS – Semusa faz balanço das barreiras sanitárias

Ciência & Saúde - segunda-feira, 15/06/2020 às 10h50min • Atualizado 10h59min
CORONAVÍRUS – Semusa faz balanço das barreiras sanitárias
Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

A Prefeitura de Porto Velho, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde, da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Velho, vem ampliando as ações de vigilância, prevenção e controle para enfrentamento e combate à Covid-19. Dentre as ações pactuadas foram implementadas as barreiras sanitárias desde o início do mês de abril.

As barreiras funcionam como uma medida de enfrentamento e foram montadas na BR-364, sentido Candeias do Jamari, no posto da Polícia Rodoviária Federal; na BR-319, KM 42, sentido Humaitá (AM) e BR364, sentindo Rio Branco (AC), em Nova Califórnia.

O balanço do trabalho realizado nas barreiras sanitárias apresentou o seguinte resultados com veículos e pessoas abordadas, durante o período do dia 1º ao dia 10: Foram abordadas 1.072 pessoas na Rodoviária de Porto Velho e uma apresentou sintomas do COVID-19. Foram abordados 1.470 veículos, 3.107 pessoas e 7 apresentaram sintomas da Covid-19 na BR-319 sentido Humaitá/AM. Foram abordados 524 veículos e 1.193 pessoas na BR 364, sentido Rio Branco/AC. No total foram 1.994 veículos e 5.372 pessoas, das quais oito apresentaram sintomas.

O serviço serve para orientar com relação ao coronavírus, identificar pessoas com sinais e sintomas e encaminhar para a Vigilância Epidemiológica. A coordenação dos trabalhos é da Divisão de Vigilância Sanitária, do Departamento de Vigilância em Saúde, em parceria com a Agência de Vigilância em Saúde e Corpo de Bombeiros, Defesa Civil Municipal, Polícia Militar e AGERO.

Os profissionais de saúde que estão desenvolvendo suas funções nas rodovias e rodoviária usam máscara cirúrgica, óculos, toucas, chapéu e cabelos presos e estão sempre higienizando as mãos com água e sabão ou com a solução alcoólica 70%.

Na rodoviária as abordagens fiscalizam o cumprimento do decreto de isolamento restritivo durante o embarque e o desembarque. No primeiro contabiliza-se a quantidade de passageiros que estão saindo de Porto Velho, que deve ser 50% do permitido e com identificação da cidade de destino. Já no desembarque as abordagens são realizadas individualmente, explicando todas as características da doença e indicando em casos suspeitos, qual a conduta que esse passageiro deve adotar.

Nas barreiras são abertos inquéritos epidemiológico-sanitários onde são realizadas algumas perguntas, a fim de serem enquadrados ou não no critério de inclusão como pacientes suspeitos. Se suspeitos, todas as orientações são repassadas.

Em caso de sintomas da Covid-19, é importante entrar em contato com o call center da Prefeitura de Porto Velho, pelo número: 0800 647 5225.

Por Comdecom


Imagem .GIF que ilustra campanha publicitária do Governo de Rondônia ao combate contra o Coronavírus.

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email