Search
Close this search box.

Mãe relata doença rara da filha que deseja comer sofás, cadeiras e vidro

Winter sofre de Pica, uma desordem alimentar em que a pessoa desenvolve interesse em comer objetos que não são comestíveis
Facebook/Stacey A’Hearne
Facebook/Stacey A’Hearne
Publicidade

Wynter, de apenas três anos, sofre de uma condição rara que faz com que ela tenha desejo de comer objetos que podem ser perigosos para a sua saúde.

A situação é tão rara que a sua mãe, Stacey A’Hearne, de 25 anos, pediu ajuda para tentar entender a doença da filha antes que ela “coma a casa toda”.

Publicidade

A menina tem autismo e foi diagnosticada com Pica, uma desordem alimentar em que a pessoa desenvolve interesse em comer objetos que não são comestíveis.

A mãe da menina diz que já a pegou comendo papel de parede, o sofá e uma cadeira. Mais grave ainda, a flagrou quebrando molduras para tentar comer o vidro das mesmas.

“Ela está literalmente comendo a casa inteira. Comprei um sofa novinho em folha e ela já lhe arrancou algumas partes” partilha com o Metro britânico.

A mulher recorda que desde pequena que a filha colocava todo o tipo de coisas na boca, mas que nunca pensou que se tratasse de uma doença. Após os 13 meses, assistiu a uma mudança radical no comportamento da filha e decidiu entender do que se tratava.

A mãe de duas crianças, que vive no País de Gales, diz que tem de estar sempre em estado de alerta e que decidiu dedicar-se à filha sendo atualmente, cuidadora em tempo integral.

“Não é bom para ela mas também não é extremamente perigoso – desde que não sejam vidros. Apenas tenho que estar sempre de olho nela e esperar que ela consiga crescer e perder este hábito”, diz, esperançosa.

Anúncie no JH Notícias