Search
Close this search box.
Publicidade

Após chiadeira generalizada, Secretaria Municipal de Obras saÍ da zona de conforto e vai atrás do prejuízo

Confira as notas do dia, por Cícero Moura
Publicidade

Obras no bairro 3 Marias

TRABALHO

Publicidade

A Secretaria Municipal de Obras (Semob), está  com  serviço de limpeza de valas e canais, com o objetivo de otimizar o escoamento das águas pluviais.

RECLAMAÇÕES

Após dezenas de protestos de moradores do bairro Três Marias, nas redes sociais, a Prefeitura teve que se mexer. O serviço está sendo feito de forma contínua desde quarta-feira.

  

OBRA

MEDALHÃO

Pra dar um ar, digamos de seriedade ao assunto, o próprio Secretário de Obras, Diego Lage, deu início ao serviço de limpeza de mais uma vala.

EXPLICAÇÃO

Diego disse que nos locais, as equipes têm encontrado muito lixo e muito mato. Então, a prioridade neste momento é a desobstrução das valas e canais, dando vazão à água.

SEM PRAZO

O secretário ainda explica que, por se tratar do período chuvoso, a Semob não tem previsão de quanto tempo os serviços de limpeza destas valas e canais no bairro Três Marias serão concluídos.

INVESTIMENTO

A Prefeitura informou que nas  obras de pavimentação, por exemplo, são construídas as galerias subterrâneas; ao final da obra, o meio-fio e a sarjeta.

INVESTIMENTO 2

Nesse trabalho estão sendo investidos mais de R$ 37 milhões de reais em recursos próprios, com a meta de atender todos os bairros da capital.

INVESTIMENTO 3

Serão mais de seis mil metros de pavimento nos seis primeiros meses do ano, e apoio à Secretaria Municipal de Serviços Básicos (Semusb), na limpeza e manutenção das bocas de lobo.

PORQUICE

A Prefeitura tem insistido na educação da população, no sentido de não descartar lixo de forma irregular na  cidade. O lixo que é jogado nas ruas, é levado pela água para as bocas de lobo e canais.

 ENTULHO

PORQUICE 2

Isso causa o entupimento, transbordamento e a série de transtornos que tem sido visto com frequência. Em alguns canais, foram achados geladeira, fogão, móveis e eletrodomésticos.

OPINIÃO

Em algumas coisas a Prefeitura só funciona na pressão, mas sobre a imundice e o desleixo, dou razão completa aos gestores da cidade. Sem educação e higiene, até mesmo nossa casa vira um chiqueiro.

REGULARIZAÇÃO ELEITORAL

A Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf),  participa com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RO), da ação que levará informação e regularização da situação eleitoral às pessoas em situação de rua.

CENTRO POP

LOCAL

A ação será no Centro Pop Dom Moacyr Grechi, localizado na rua Joaquim Nabuco, nº 2874, bairro São Cristóvão, nos dias 22 e 23 de abril, das 8h às 13h.

OPÇÕES

Serviços que serão ofertados:

– Informação sobre a situação eleitoral;
– Emissão de certidões e de título eleitoral;
– Transferência de domicílio eleitoral;
– Alterações de dados cadastrais e de local de votação.

NACIONAL

A ação faz parte da Política Nacional Judicial de Atenção à Pessoa em Situação de Rua “Pop Rua Jud” do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Projeto ‘Meu Voto, Meu Poder’ do TRE/RO que tem como objetivos inserir e regularizar no cadastro eleitoral o maior número de cidadãs e cidadãos rondonienses e promover maior participação popular nas eleições.

FINALIDADE

O Centro Pop Dom Moacyr Grechi é um espaço específico para o atendimento a pessoas em situação de rua na cidade de Porto Velho.

FUNÇÃO

O objetivo do local é ofertar serviços socioassistenciais que ajudem a recuperar a cidadania, autoestima e planejamento de vida, dando condições para saírem da situação vulnerável.

MAMATA

A base do governo Lula (PT) no Senado vai recorrer à oposição para barrar o bônus para juízes e integrantes do Ministério Público, proposta essa aprovada na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) na quarta-feira (17/04).

SEDE DO MINISTÉRIO PÚBLICO 

MAMATA 2

A ideia é usar o sentimento “anti-STF” que parte da casa para rejeitar o aumento no Plenário. Mesmo com os juízes do Supremo Tribunal Federal não sendo beneficiados pelo penduricalho, a estratégia é alegar que magistrados já têm muitos benefícios e que mais um seria um “absurdo orçamentário”.

MAMATA 3

O benefício, chamado de quinquênio, volta à pauta depois de dois anos, quando foi arquivado pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). À época, Pacheco percebeu que a Proposta de Emenda à Constituição não tinha quórum para ser votada e engavetou a PEC.

MAMATA 4

Agora, sob nova assinatura (do próprio presidente do Senado), tem tudo para ser votada em Plenário já na semana que vem. A “valorização” do tempo de trabalho de juízes e procuradores é chamada de Adicional por Tempo de Serviço e equivale a 5% do salário a cada cinco anos.

MAMATA 5

O governo estima que o impacto nas contas públicas pode chegar a R$ 1,5 bilhão.

Para o governo, essa PEC pode gerar um efeito cascata e impactar todas as carreiras do judiciário e chegar a Estados e municípios.

MAMATA 6

Atualmente, o Supremo Tribunal Federal julga justamente a constitucionalidade do adicional. O julgamento está suspenso desde a decisão do ministro Gilmar Mendes, em fevereiro deste ano.

GILMAR MENDES

REJEIÇÃO

Apenas Cristiano Zanin votou no tema. O ministro defendeu que o STF rejeite, sem análise do mérito, toda a discussão.

Combate Clean Anúncie no JH Notícias