Search
Close this search box.

Delegado Camargo participa do I Seminário sobre o Transtorno do Espectro Autista em Porto Velho

Deputado tem levantado a bandeira da inclusão das Pessoas com Deficiência na Assembleia Legislativa
Publicidade

O Deputado Delegado Camargo (Republicanos) participou na manhã desta terça-feira, 18, do I Seminário sobre o Transtorno do Espectro Autista em Porto Velho. Promovido pela Escola da Magistratura de Rondônia (Emeron), o evento tem como objetivo abordar diversos aspectos do autismo, desde os desafios diários enfrentados por pessoas com essa condição até os direitos legais que lhes são assegurados.

O seminário também tem o foco voltado para a sensibilização e formação dos participantes para uma interação mais inclusiva e empática com pessoas autistas. A iniciativa reflete o compromisso do Tribunal de Justiça de Rondônia com a inclusão social e a defesa dos direitos de todos os cidadãos, especialmente aqueles com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Publicidade

Camargo destacou a relevância da discussão das temáticas envolvendo o TEA, afirmando que são diversos os desafios para as famílias atípicas, que buscam constantemente formas de proporcionar melhor qualidade de vida e acessibilidade às pessoas com autismo. O parlamentar destacou ainda a importância de se comemorar o dia 18 de junho, data em que se comemora, desde 2005, o Dia Mundial do Orgulho Autista. “Quero agradecer a todos a oportunidade de participar deste importante evento para a causa autista. Neste dia em que comemoramos o Dia do Orgulho Autista, precisamos destacar os avanços já conquistados, mas também os grandes desafios que temos pela frente. Como pai atípico sei das dificuldades enfrentadas diariamente e da nossa busca constante por melhorias e oportunidades aos nossos familiares diagnosticados com Transtorno do Espectro Autista”, disse Camargo.

A programação do seminário é abrangente, com palestras e workshops com temas como os desafios e potencialidades das pessoas com TEA, diferença entre deficiência e incapacidade, barreiras atitudinais, políticas públicas de inclusão, e a manutenção do vínculo terapêutico, conforme os entendimentos atuais do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do TJRO. Confira abaixo a programação para Cacoal e Porto Velho.

“Quero parabenizar a iniciativa do Tribunal de Justiça de Rondônia e da Escola da Magistratura, através do diretor Desembargador Alexandre Miguel, pela iniciativa e pelo cuidado com a causa dos portadores do Transtorno do Espectro Autista. Nesta importante data, damos mais um passo na luta pela conscientização e o reconhecimento da causa”, disse o deputado.

Anúncie no JH Notícias