Notícias de Rondônia

Morre, aos 89 anos, o bispo emérito de Ji-Paraná, Dom Antônio Possamai

A Paróquia São João Bosco também lamentou a morte de Dom Antônio Possamai em nota e destacou que o bispo “viveu uma vida de doação aos pequenos do povo”.

Postado em 28/10/2018 às 14h50min • Atualizado 14h51min


Morre, aos 89 anos, o bispo emérito de Ji-Paraná, Dom Antônio Possamai

Morreu, aos 89 anos, o bispo emérito de Ji-Paraná (RO), Dom Antônio Possamai, no fim da tarde deste sábado (27), em Porto Velho. Ele apresentava um problema no intestino, passou por cirurgia e seguia internado em observação na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde o dia 5 de outubro em uma unidade hospitalar da capital.

Após 10 dias da internação de Dom Antônio, o Arcebispo Metropolitano de Porto Velho, Dom Roque Paloschi, chegou a emitir um comunicado informando da melhora no estado clínico de saúde.

Ele indicava que o bispo emérito estava “respirando quase sem o ventilador mecânico” e que os exames estavam “dando resultados estáveis”.

O corpo de Dom Antônio será velado na Paróquia São João Bosco a partir da manhã de domingo (28), conforme comunicado emitido em uma rede social. Uma missa será presidida por Dom Roque Paloschi em homenagem ao bispo emérito. Depois, será translado para Ji-Paraná, município onde ministrou como bispo há cerca de 10 anos.

A aposentada Alzira Maria Pereira, de 71 anos, recebeu a notícia da morte de Dom Antônio pela nora. A mineira que mora há 36 anos em Ji-Paraná disse que lembra com carinho do bispo.

“Quando ele estava aqui em Ji-Paraná, ele fazia um trabalho muito bonito. Ele ainda estava aqui em 2007 e fez o casamento do meu filho. Logo depois ele foi para Porto Velho. É uma perda muito grande, mas Deus sabe o que faz”, comentou.

“Ele foi um grande profeta na Arquidiocese de Ji-Paraná por muitos anos”, disse ao G1 o ministro extraordinário da Sagrada Comunhão Eucalística da cidade, Mosair Hirmogenes.

Luto
Ao saber da morte do bispo, a pastoral da diocese de Ji-Paraná lamentou a perda por meio de nota.

“Dom Antônio foi um pastor que soube conduzir suas ovelhas por caminhos da organização da luta e resistência por uma sociedade mais justa e igualitária. Descanse em paz, Dom Antônio! Gratidão por ter nos ensinado que a verdadeira religião é aquela que está do lado dos menos favorecidos em todas as dimensões humana. Pastoral Carcerária da Diocese de Ji-Paraná”, traz o texto.

A Paróquia São João Bosco também lamentou a morte de Dom Antônio Possamai em nota e destacou que o bispo “viveu uma vida de doação aos pequenos do povo”.

“Meus irmãos e irmãs, a vida é um dádiva divina que quanto mais doada mais valiosa se torna. Esta tarde, nosso amado pastor fez sua Páscoa e se encontra junto do Pai. Que o Pai Bondoso o acolha em sua paz e infinita misericórdia. Usamo-nos em oração na infinita certeza da ressurreição”, diz o comunicado.

Por G1