Notícias de Rondônia

MPF faz campanha nas redes sociais para evitar uso de religião nas campanhas eleitorais em Rondônia


Postado em 22/08/2018 às 09h12min

MPF faz campanha nas redes sociais para evitar uso de religião nas campanhas eleitorais em Rondônia

Numa eleição marcada por forte presença de lideranças religiosas e fiéis de diferentes denominações, uma campanha do MPF tenta tirar Deus dos palanques em Rondônia.

Uma peça contendo duas estrofes de literatura de cordel alerta: usar a fé para fazer campanha política é ilegal e a prática será combatida pelo órgão, que disponibilizou até um canal para receber denúncias sobre possíveis casos de proselitismo eleitoral.

Na campanha deste ano no Estado, diversos pastores concorrem usando o cargo religioso. Um ex-padre também continua utilizando a função em campanha.

Veja abaixo os versos da campanha do MP e acesse o site criado para receber as denúncias:

Se tem campanha na igreja
O candidato está errado
Seja na missa ou no culto
Está mal-intencionado
Aquele que pede seu voto
Em um momento sagrado

Campanha também não pode
Se for na televisão
Ou no programa de rádio
Da sua religião
Porque não se usa a fé
Pra ganhar uma eleição

Misturar eleição com fé é errado. Quem usa templos e igrejas para pedir votos não merece sua confiança. Fique de olho! Se suspeitar de algo errado na eleição, fale com o Ministério Público Eleitoral. Procure o promotor de Justiça do seu município ou use o canal de denúncias clicando aqui.

#PraCegoVer: Ilustração em Cordel de uma cruz e uma propaganda política de um candidato (fulano – vote 99). Texto na imagem: “Nenhuma religião combina com eleição”.



MAIS NOTÍCIAS DE Rondônia