Notícias de Rondônia

NA CADEIA – CEO da Nissan, rondoniense preso no Japão irá receber apoio do Líbano

A cidade de Guajará-Mirim apresenta uma raiz cultural muito forte entre descendentes de países árabes.

Postado em 20/11/2018 às 11h58min


NA CADEIA – CEO da Nissan, rondoniense preso no Japão irá receber apoio do Líbano

Provavelmente o cidadão rondoniense de maior sucesso no mercado financeiro, CEO do conglomerado que inclui a Nissan e Mitisubichi, preso nesta última semana no Japão por crimes de corrupção, Carlos Ghosn, que é nascido na cidade de Guajará-Mirim, receberá apoio do governo do Líbano.

De acordo com o ministro das Relações Exteriores do Líbano, Ghosn é considerado um cidadão libanês e por esse motivo receberá o apoio do embaixador do país no Japão que acompanhará todo o andamento de sua prisão.

“Carlos Ghosn é um cidadão libanês conhecido, que representa o sucesso da diáspora libanesa, e o Ministério das Relações Exteriores libanês está a seu lado para garantir que tenha um julgamento justo”, disse o ministério do país árabe em comunicado.

A cidade de Guajará-Mirim apresenta uma raiz cultural muito forte entre descendentes de países árabes, por esse motivo muitos cidadãos nascidos nessa localidade conseguem o reconhecimento dos países de origens de seus genitores.

 

Por JH Notícias