Notícias de Rondônia

VILHENA – Júri condena réu acusado de matar sitiante

Segundo a sentença de pronúncia, pelo motivo já citado, o réu e seu contratado, planejaram o ataque e no dia do crime, 2 de agosto de 2013, na Gleba Iquê em Vilhena, deram dois tiros na vítima, levando-a à morte.

Postado em 04/12/2018 às 12h27min


VILHENA – Júri condena réu acusado de matar sitiante

O Tribunal do Júri da Comarca de Vilhena, composto por 6 mulheres e um homem, condenou, nessa segunda-feira, 3 de dezembro, Wilson Roesse Woll a 16 anos e 4 meses de reclusão, em regime fechado, pela prática de homicídio qualificado.

O réu foi julgado sob acusação de, mediante promessa de pagamento, contratar João José Alves de Lima para matar, por vingança, a vítima Alcídio Wol. O vizinho de propriedade teria advertido o acusado que seus animais (gado) estariam invadindo sua propriedade.

Segundo a sentença de pronúncia, pelo motivo já citado, o réu e seu contratado, planejaram o ataque e no dia do crime, 2 de agosto de 2013, na Gleba Iquê em Vilhena, deram dois tiros na vítima, levando-a à morte.

Diante das provas, embora a defesa tenha pedido a absolvição do réu, que negou a autoria do crime, os jurados foram convencidos pelos argumentos da acusação de que Woll praticou o assassinato e o condenou. A dosimetria da pena foi aplicada pela magistrada que presidiu o julgamento, Liliane Pegoraro Bilharva.

Processo n. 0010173-04.2013.8.22.0014.

Por JH Notícias