Siga nossas redes sociais

Sexta-feira, 28/01/2022

JH Notícias

Sphera Engenharia - Empresa de Construção e Reformas em Porto Velho - Rondônia

Brasil

FATALIDADE – Homem mata mãe idosa e tenta esfaquear irmão

Manchas de sangue no local do crime assustaram os vizinhos.

WhatsApp
Banner publicitário da Prefeitura de Porto Velho - IPTU 2022

Um homem identificado como Edilson Donato Nolasco, 51 anos, matou a própria mãe a facadas na Rua Quinheira, em Campo Grande. Maria do Carmo Brasil Nolasco, 72, não pôde ser socorrida após levar golpes no pescoço e no peito. Edilson também tentou assassinar o irmão, de 45 anos.

Marcas de sangue ficaram no quintal, na calçada e no portão da vizinha da frente da casa onde o crime aconteceu.

O homem de 45 anos, esfaqueado pelo irmão, Edilson Donato Nolasco, 51 anos, correu para a rua pedindo ajuda de vizinhos, na Rua Quinheira, no Bairro Coophatrabalho, em Campo Grande.

Marcas de sangue ficaram no quintal da casa onde o crime aconteceu, na calçada e no portão da vizinha da frente da casa.

Pegadas de um caso de violência que chocou a cidade, onde filho matou a mãe e agrediu o irmão.

Após ser esfaqueado, o irmão de Edilson gritou pela ajuda da vizinha. O Corpo de Bombeiros foi acionado e ele foi encaminhado para a Santa Casa.

A mãe dele, Maria do Carmo Brasil Nolasco, 72 anos, não pode ser socorrido e morreu no local.

A idosa foi atingida com uma facada no pescoço e no peito.

Banners da campanha da segunda dose da vacina do Governo de Rondônia

Família era querida pelos vizinhos

Lucia, que era vizinha de Maria, disse ao TopMídiaNews que conversou com a vítima horas antes do crime.

“Conversamos com ela aqui na frente da casa. Ela era uma senhora tranquila. Nunca ouvi briga entre eles. Ontem não ouvi nada, eu durmo cedo. Não ouvi nada. Acordei e escutei pessoas falando que mataram a coitadinha da velhinha, mas eu não sabia quem era. Hoje que os vizinhos falaram que filho matou a dona Maria”, disse Lucia.

Ela afirma que a notícia deixou os moradores tristes e chocados.

“Ficamos muito tristes. Não conheço a família inteira, conheço ela e um filho que ficava aqui. Ela sentava na frente da casa. Ela era dona de casa. Eles não eram daqui. Estavam aqui há pouco tempo”, disse Lucia.

A dona da casa alugada pela família de Maria, que prefere não ter a identidade revelada, também disse que está em choque e que nunca ouviu reclamação sobre eles.

“Eles alugam a casa há oito meses, moravam os três na casa. Desde quando alugaram, pagavam aluguel em dia, estou em choque, nunca imaginei que isso aconteceria. Eu ouvi barulho de polícia ontem, mas agora que vi que aconteceu aqui com meus inquilinos”, disse a mulher.

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por Topmídianews

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade Banner publicitário da Prefeitura de Porto Velho - IPTU 2022
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Brasil

Compartilhe esta notícia: