Siga nossas redes sociais

Quarta-feira, 25/05/2022

JH Notícias

Coronavírus - COVID-19 - Governo do Estado de Rondônia

Brasil

Morre fazendeiro preso por suspeita de ajudar Lázaro Barbosa

Processo contra fazendeiro Elmi Caetano estava há mais de três meses parado. Advogado disse que ainda vai provar inocência de seu cliente

WhatsApp

Morreu neste domingo (27/3) o fazendeiro Elmi Caetano Evangelista, de 73 anos, que chegou a ser preso em junho de 2021 por suspeita de ajudar o então fugitivo Lázaro Barbosa, que era procurado pela polícia por causa de uma chacina e outros crimes, na região de Cocalzinho de Goiás.

Elmi faleceu em um hospital de Brasília (DF), segundo o advogado dele, Ilvan Barbosa. O fazendeiro vivia em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. A causa da morte não foi divulgada. Ele foi preso em 24 de junho e solto em 12 de julho.

Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa

 

Cerco a Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa, buscas

Lázaro Barbosa, suspeito de triplo homicídio no DF

buscas a Lázaro Barbosa

Ações do Governo de Rondônia

Elmi Caetano Evangelista, de 74 anos; e Alain Reis de Santana

Para a Secretaria de Segurança Pública de Goiás, Elmi ajudou Lázaro em sua fuga de 20 dias, dando abrigo e comida. Já Elmi sempre negou que tenha ajudado o criminoso ou que tivesse conhecido ele.

O processo contra Elmi Caetano está parado desde novembro de 2021, segundo informação no site do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO).

Banner publicitário da Assembleia Legislativa

“Não vou pedir arquivamento, quero provar a inocência dele para ele ser enterrado com honra”, afirmou o advogado Ilvan Barbosa ao jornal.

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por Metrópoles

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Publicidade Ações do Governo de Rondônia
Publicidade

Publicidade Ações do Governo de Rondônia
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Brasil