Notícias de Esporte

São Paulo martela, vence o Ceará em jogo tenso e mantém liderança do Brasileiro

Sidão, cobrado pelas arquibancadas por causa da demora na reposição da bola, só foi exigido de verdade uma única vez, mas foi fundamental. Cara a cara com Reina, o dono da meta tricolor fez a defesa e, de repente, passou a ter o nome exaltado.


Postado em 26/08/2018 às 15h00min

São Paulo martela, vence o Ceará em jogo tenso e mantém liderança do Brasileiro

Os 57 mil torcedores saíram do estádio do Morumbi, neste domingo (26/08), com um sentimento de alívio.

Depois de verem o goleiro Éverson – ex-cria das categorias de base do São Paulo – fazer excelentes defesas e quase garantir o empate, eles comemoraram o gol de Bruno Peres que deu a vitória ao time tricolor por 1 a 0 sobre o Ceará.

O resultado fez a equipe comandada por Diego Aguirre manter a liderança do Campeonato Brasileiro e chegar aos 45 pontos, com quatro a mais do que o vice-líder Internacional.

Já a equipe cearense perdeu a sequência de cinco jogo sem derrotas e permaneceu na vice-lanterna da competição com 18 pontos.

O Jogo

Sem Hudson e Liziero, o técnico uruguaio do São Paulo apostou no jovem Luan ao lado de Jucilei. O garoto não comprometeu e viu seus companheiros de ataque amassarem os visitantes nos minutos iniciais.

O destaque do jogo foi Everson, que usa a camisa 01, famosa por causa de Rogério Ceni. Em sequência extraordinária, o goleiro evitou gols de Reinaldo e Everton no primeiro tempo.

Na etapa final, quando Shaylon já estava na vaga de Luan, Everson voltou a enervar os torcedores tricolores com defesas espetaculares em finalizações de Diego Souza e Nenê.

Sidão, cobrado pelas arquibancadas por causa da demora na reposição da bola, só foi exigido de verdade uma única vez, mas foi fundamental. Cara a cara com Reina, o dono da meta tricolor fez a defesa e, de repente, passou a ter o nome exaltado.

O alívio desse clima de pressão e impaciência só chegou aos 32 minutos. Reinaldo fez ótima jogada pela esquerda, passou por três marcadores e tocou para Diego Souza. O camisa 9 ajeitou para Bruno Peres, que finalizou no canto direito de Éverson, que não teve chances.

Fonte: ESPN



MAIS NOTÍCIAS DE Esporte