Search
Close this search box.
Publicidade

Criminosos que assediavam moradores de rua para abrir contas bancárias são alvos de operação

As investigações começaram há pouco mais de um mês, a partir de uma prisão em flagrante feita pela Defraude.
Publicidade

Nesta segunda-feira (19), policiais da Delegacia Especializada em Repressão às Fraudes (Defraude), deflagraram a Operação Ástegos, com o objetivo de prender integrantes de organização criminosa que pegava moradores de rua para abrir contas bancárias com documentos falsos em Porto Velho.

As investigações começaram há pouco mais de um mês, a partir de uma prisão em flagrante feita pela Defraude.

Publicidade

A Polícia descobriu indícios da existência de uma organização criminosa que estaria cooptando moradores de rua e levando essas pessoas para abrir contas bancárias em nome de terceiros, com documentos falsos, para a prática de fraudes.

Foram cumpridos dois mandados de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão na Capital, contando com o apoio de policiais da DERF e DECCV.

Com o avanço das investigações, o delegado Swami Otto representou pela prisão de dois criminosos e também mandados de busca e apreensão.

Conforme o delegado, os investigados responderão pelos crimes de organização criminosa, falsificação de documento público e estelionato.

O nome da operação Ástegos, significa “morador de rua” em grego.

Anúncie no JH Notícias