Siga nossas redes sociais

Domingo, 16/01/2022

JH Notícias

Sphera Engenharia - Empresa de Construção e Reformas em Porto Velho - Rondônia

Polícia

Integrantes de facção são presas por agredirem e ameaçarem adolescentes na capital

Quatro adolescentes de 12, 13, 14 e 15 anos foram salvas por policiais militares na noite deste sábado (8)

WhatsApp
Prefeitura - Balanço Obras - Janeiro 2022

Quatro adolescentes de 12, 13, 14 e 15 anos foram salvas por policiais militares na noite deste sábado (8), após serem agredidas e ameaçadas por três integrantes da facção criminosa Primeiro Comando do Panda (PCP), no Condomínio Morar Melhor, em Porto Velho.

As vítimas informaram aos policiais que estavam caminhando pelo condomínio, indo visitar uma colega na Rua 6 e, ao passarem pela Rua 3, foram abordadas por Luandra P. dos S., 19 anos e Giselle M. G., 19 anos, que questionaram sobe as meninas serem integrantes da facção Comando Vermelho, rival do PCP.

As meninas negaram estarem fechadas com o Comando Vermelho, mas mesmo assim a menina de 12 anos teve o celular subtraído e as suspeitas começaram a vasculhar pelo aparelho em busca de mensagens ou fotos que comprovassem o envolvimento das adolescentes com o Comando Vermelho.

As suspeitas levaram as adolescentes para o final da rua 3 onde posteriormente chegou Natália e passou a dar ordens de tortura e ameaças. Uma das vítimas foi agredida a coronhadas, sofrendo ferimentos no lábio, pescoço e orelha.

Outros integrantes do PCP foram chamados ao local para que fosse feita o julgamento com o intuito de decidir se as meninas seriam mortas ou teriam o cabelo cortado. Natália então pediu para que buscassem uma tesoura, pois as meninas seriam levadas para o matagal e teriam os cabelos cortados.

A Polícia Militar já havia sido informada sobre o cárcere privado e uma guarnição da Força Tática chegou rapidamente ao local. Dois homens e uma mulher conseguiram fugir correndo, permanecendo no local Natália, Giselle e Luandra.

Durante os questionamentos dos policiais, uma das vítimas conseguiu chamar a atenção de uma policial, pedindo ajuda de forma discreta, mas que foi percebida pela PM. Separadas das faccionadas, as meninas disseram que estavam com medo de morrer, pois as mulheres eram de facção criminosa e estavam lhe proferindo ameaças por pensarem que elas eram de outra facção.

Graças ao rápido deslocamento e abordagem dos policiais, as vítimas foram salvas e as suspeitas presas, sendo levadas para o Departamento de Flagrantes onde dois advogados prestaram assistência durante todo o registro de ocorrência. Os pais das vítimas foram informados da situação e também se fizeram presentes.

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por JH Notícias

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade Prefeitura - Balanço Obras - Janeiro 2022
Publicidade JR Consultoria Financeira Porto Velho
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Polícia

Compartilhe esta notícia: