Anderson Pereira volta alertar governo sobre criminalidade no Orgulho do Madeira e quer construção de base de policiamento

Política - quarta-feira, 08/04/2020 às 14h28min
Anderson Pereira volta alertar governo sobre criminalidade no Orgulho do Madeira e quer construção de base de policiamento

O deputado estadual Anderson Pereira (PROS), durante sessão ordinária desta quarta-feira (8), em seu discurso voltou a cobrar o Governo do Estado e Secretaria de Segurança, quanto a ações criminosas que vem acontecendo no complexo residencial Orgulho do Madeira, localizado no setor Leste de Porto Velho. O assunto que já foi debatido pelo parlamentar na Comissão de Segurança Publica (CSP), da ALE-RO é uma questão preocupante, pois famílias estão sofrendo devassas em seus imóveis, tendo muitas delas expulsas por integrantes de facções.

O deputado Anderson usou um vídeo, que viralizou nas redes sociais, que mostra uma jovem, possivelmente menor de idade que foi espancada e ameaçada de morte por um grupo de mulheres ao assumir ser integrante de uma facção rival, não aceita por marginais do complexo.

Preocupado com essa e outras ações que ocorrem com frequência no residencial, o parlamentar alerta o executivo e solicita que medidas severas de segurança sejam tomadas com frequência pela Polícia Militar e Polícia Civil, para evitar que pessoas de bem sejam refém de criminosos ao ponto de não poderem sair para trabalhar.

“Não podemos deixar o crime organizado tomar conta do Orgulho do Madeira, são pessoas honestas, trabalhadores que foram tirados de locais de riscos e alocados lá, temos que buscar meios de garantir a segurança deles e não deixar que convivam assombrados, sob ordens de marginais”, destacou Anderson.

O deputado fez questão de lembrar que após as discussões na Comissão de Segurança Pública, operações foram deflagradas no complexo, onde foram cumpridos mandados de prisões, buscas e apreensões que resultaram na detenção de vários suspeitos e materiais ilícitos, porém outras ações da mesma natureza não foram mais cumpridas. Como presidente da CSP, Anderson quer que uma base de policiamento seja construída e mantida na área, para dar às devidas seguranças a sociedade local, pois da forma que está os moradores estão acuados e a área sob comando do crime, igual aos morros do Rio de Janeiro.

HOMENAGEM

Ainda em seu discurso, Anderson solicitou ao presidente Laerte Gomes (PSDB), que deixe as bandeiras em meio mastro, como forma de homenagear famílias que tiveram parentes vítimas da COVID19 – Coronavírus. De pronto a solicitação do deputado foi aceita e a homenagem será feita, podendo permanecer durante o período de pandemia.

Por Assessoria


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email