CORONAVÍRUS – Governo atende pedido do deputado Anderson e libera retorno da atividade de mototáxi com as devidas prevenções

O ponto principal atendido pelo governador foi com relação a atividade de mototáxi, que poderão funcionar, desde que autorizada pelos prefeitos.

Política - segunda-feira, 06/04/2020 às 08h40min
CORONAVÍRUS – Governo atende pedido do deputado Anderson e libera retorno da atividade de mototáxi com as devidas prevenções

Entendendo a necessidade da manutenção dos empregos e da subsistência, o governador Marcos Rocha (PSL), atendendo pedido do deputado estadual Anderson Pereira (Pros), assinou na madrugada deste domingo (5) um novo decreto ampliando a quarentena em Rondônia por conta do Coronavírus até o próximo dia 20 de abril. Ele flexibilizou várias proibições, contidas em decreto anterior (24.887), dando poderes aos municípios decidirem a partir de 12 de abril, sobre o retorno gradual de uma série de atividades, desde que as decisões sejam fundamentadas e “que não haja elevação significativa dos casos confirmados de COVID-19”.

O ponto principal atendido pelo governador foi com relação a atividade de mototáxi, que poderão funcionar, desde que autorizada pelos prefeitos. A categoria deverá transportar somente os passageiros que possuam capacete próprio e com uso de máscaras e fazer a higienização de bancos com álcool gel 70%, após o desembarque.

Além disso, deve-se ater a utilização de meios alternativo de cumprimento, coibir boca e nariz com o antebraço ou lenço descartável quando for tossir ou espirrar, utilizar mascaras quando houver necessidade, higienizar as mãos quando receber pagamento e não colocar as mãos nos olhos e bocas. É importante salientar que a utilização do transporte deve ser feita por quem não corresponde ao grupo de risco (Idosos, Asmáticos, Hipertensos, Diabéticos, entre outros), e que os mototaxistas se enquadrem no mesmo grupo e se resguardem de mesmo modo.

Anderson Pereira agradeceu a sensibilidade do governo do Estado em permitir o retorno destes trabalhadores, tendo em vista que na sua maioria são mães e pais de família que tem como única fonte de renda o dinheiro proveniente desta atividade.

Por Assessoria


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email