Siga nossas redes sociais

Domingo, 05/12/2021

JH Notícias

Política

PEC DOS PRECATÓRIOS – Saiba como votou a bancada de Rondônia em proposta que dividiu o país

Confira:

WhatsApp

Polêmica e capaz de rachar até a sólida base do PDT com o pré-candidato a presidência do Brasil, Ciro Gomes, a PEC 23/2021, conhecida como PEC do precatório também não foi unanimidade entre os oito parlamentares da bancada de Rondônia na Câmara Federal.

Com o texto base aprovado em primeiro turno pelos deputados federais por 312 votos a favor e 144 contrários, a PEC garante um folga orçamentária e permite o Governo à pagar em até três anos os precatórios que obrigatoriamente deveriam ser quitados ainda em 2022.

Dois deputados rondonienses votaram contrários a PEC, Léo Moraes (PODEMOS) e Mauro Nazif (PSB). Já Coronel Chrisóstomo (PSL), Expedito Netto (PSD), Jaqueline Cassol (PP), Lucio Mosquini (MDB), Mariana Carvalho (PSDB) e Silvia Cristina (PDT), votaram favoráveis à PEC.

Chamada Escolar 2022
Banner publicitário Refis-Semfaz Porto Velho
Mulher para efetivação

Porém, os seis votos a favor da PEC dados pela bancada de Rondônia não significaram total apoio à PEC, já que antes da aprovação do texto base, a proposta de retirada de pauta da PEC 23/2021 foi colocada em votação.

Léo Moraes (PODEMOS), Mauro Nazif (PSB), Lucio Mosquini (MDB) e Silvia Cristina (PDT) se posicionaram a favor da retirada da PEC da pauta de votação, porém os 148 congressistas que apoiavam a retirada da pauta foram vencidos por 307 fechados com a aprovação da PEC dos precatórios.

Essa PEC é considerada essencial pelo Governo Federal para dar andamento à programas de auxilio financeiro social à população de baixa renda, porém, criticas feitas pelo próprio deputado Léo Moraes (PODEMOS) à essa PEC é que existem outras saídas de se continuar os programas sociais sem necessariamente endividar mais ainda o Governo.

Para ser completamente aprovada a PEC ainda precisa passar por segunda votação no Congresso Nacional.

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por JH Notícias

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Política

Compartilhe esta notícia: