Notícias de Rondônia

Engenheiros da Sesau realizam estudos para viabilização do tráfego para o novo João Paulo II

Postado em 08/07/2019 às 09h58min


Engenheiros da Sesau realizam estudos para viabilização do tráfego para o novo João Paulo II

Com o objetivo de melhorar a trafegabilidade nas proximidades onde será construído o novo Pronto Socorro do Estado, equipes da engenharia da Secretária Estadual de Saúde (Sesau), realizam levantamento de veículos para a elaboração do relatório de impacto de transito, numa amplitude de 1,5 km do no novo João Paulo II, para liberar a licença de operação.

O novo Hospital será construído no mesmo local, que fica ao lado do Pronto Socorro Infantil Cosme e Damião, de acordo com o secretário de saúde Fernando Máximo, construindo o Hospital em outro lugar seria perder mais tempo, e destaca a importância do comprometimento das equipes envolvidas nesse projeto. “É extremamente importante o empenho de todos os técnicos servidores da Sesau em seus diversos departamentos, só tenho a agradecer pelo empenho e desdobramento de cada um que tem se esmerado com o intuito de promover uma saúde de melhor qualidade para nossa população”, disse o Secretário.

De acordo com Engenheiro Civil Amaury Rodrigues, com a instalação do novo hospital, haverá mudanças no trânsito, não que seja de forma impactante, mas algumas medidas devem ser tomadas, como por exemplo, novos pontos de ônibus, de táxi, e de estacionamento. “O impacto será o mínimo possível, por isso estamos fazendo esse levantamento, para que os motoristas que trafegam por esse local não sejam prejudicados, nossa intenção é melhorar cada vez mais o tráfego, para quem precisar ir ao pronto socorro não perca tanto tempo”, ressaltou o engenheiro.

A construção do novo João Paulo II é meta principal do governador Marcos Rocha, juntamente com o secretário de Saúde Fernando Máximo, que não estão medindo esforços e dedicação para que o hospital seja entregue o mais rápido possível. “Tenho recebido total apoio do governador Coronel Marcos Rocha, dos colegas secretários de Estados, conto com ajuda de todos os parlamentares, estaduais e federais, senadores e vereadores, todos tem se demonstrado muito solidários aos problemas da saúde, acredito na força da união, e com Fé em Deus, nós vamos entregar esse novo João Paulo II”, destacou Fernando Máximo.

Por Assessoria