Notícias de Rondônia

Garota de Cerejeiras está há mais de uma semana na UTI após ser atingida por motoqueiro


Postado em 11/08/2018 às 09h19min

Garota de Cerejeiras está há mais de uma semana na UTI após ser atingida por motoqueiro

Mais de uma semana após ser atingida por uma motocicleta, quando estava na garupa da bicicleta de uma amiga, a jovem Kelli Pereira Alves, de 20 anos, continua internada no Hospital Regional de Vilhena. O causador do acidente, um rapaz com a mesma idade, também foi hospitalizado com fratura num dos braços e ralados pelo corpo.

Após ser socorrida, garota, que é de Cerejeiras e morava em Vilhena há menos de dois meses, ficou três dias inconsciente. Quando voltar a falar, ela sequer se lembrava do acidente, mas ontem recobrou os sentidos. Ela deverá ser liberada para ir para o quarto.

Segundo uma amiga da vítima, o choque entre a moto e a bicicleta na qual estavam as duas moças aconteceu no dia 03 de agosto, na avenida Marechal Rondon, região central de Vilhena.

Na ocorrência lavrada para registrada pela PM para narrar o fato, o motociclista alega que as duas mulheres trafegavam em zigue-zague pela pista. Já a amiga de Kelli diz ter ouvido que a justificativa dada por ele foi outra: teria se atrapalhado depois de coçar o olho e, por isso, não conseguiu evitar o choque.

A moto envolvida na batida só parou a cerca de 30 metros do ponto de impacto e teria até batido num muro próximo.



MAIS NOTÍCIAS DE Rondônia