Siga nossas redes sociais

Domingo, 28/11/2021

JH Notícias

Brasil

Homem faz sexo com bezerro e é linchado por 20 pessoas em curral

Proprietário do animal disse que há dias vem notado que vários animais estão com lesões nas genitais

WhatsApp

Um homem de 59 anos (não identificado) foi conduzido à delegacia, no final da noite desta terça (2), após ser flagrado por moradores mantendo relação sexual com um bezerro. A Polícia Militar diz na ocorrência que cerca de 20 pessoas estavam em um curral de um sítio, de Tangará da Serra (a 239 km de Cuiabá), espancando o suspeito. O caso foi registrado como maus tratos a animais domésticos.

Consta na ocorrência que, quando a Polícia Militar chegou no curral, alguns moradores correram. A vítima, o proprietário do sítio de 41 anos, apresentou o suspeito já imobilizado por ele e poe terceiros e disse que não é a primeira vez que registra uma situação desse tipo.

O produtor rural contou à Polícia Militar que há vários dias vem percebendo que os animais do sítio aparecem com lesões nas genitais. Ele já perdeu cachorros, patos e outros animais por conta do “estupro”.

Banner publicitário Refis-Semfaz Porto Velho
Chamada Escolar 2022
Mulher para efetivação

Consta na ocorrência que, quando a Polícia Militar chegou no curral, alguns moradores correram do local. A vítima, o proprietário do sítio de 41 anos, apresentou o suspeito já imobilizado por ele e terceiros. Não é a primeira vez que o fazendeiro registra uma situação desse tipo.

Ele relata que ontem, no final da noite, ouviu um bezerro berrar desesperadamente. Ele então reuniu vizinhos e foram ao curral. Ao chegar lá, todos se depararam com o suspeito com a calça abaixada.

As pessoas se revoltaram e, ao tentar imobilizar o suspeito, ele desferiu golpes contra os moradores. Os vizinhos então usaram de força e de uma madeira para conseguir fazer com que ele ficasse no local até a chegada da PM.

O suspeito foi conduzido até a delegacia e reclamou de dores no rosto ao chegar na unidade. Samu foi acionado, mas os socorristas logo liberaram por se tratar de escoriações leves. Polícia Civil investiga o caso.

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por RD News

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade JR Consultoria Financeira Porto Velho
Publicidade
Publicidade Mulher para efetivação
Publicidade
Banner publicitário Refis-Semfaz Porto Velho
Chamada Escolar 2022
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mais em Brasil

Compartilhe esta notícia: