Notícias de Justiça

Empresário da Rima preso na Pouso Forçado é liberado pela Justiça

Postado em 02/04/2019 às 15h49min


Empresário da Rima preso na Pouso Forçado é liberado pela Justiça

O Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia (TJ/RO) decretou na noite dessa segunda-feira (02), o relaxamento da prisão do empresário Gilberto Scheffer, proprietário da empresa Rio Madeira Aero Taxi (Rima), preso na Operação Pouso Forçado, deflagrada pela Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada em Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) na última sexta-feira (29).

Na decisão, o TJ/RO atende a solicitação da defesa, considera o pedido de prisão “um exagero”. O fato do empresário não ter se manifestado para impedir o curso da investigação e contribuir para sua conclusão também contribuiu na decisão da Justiça.

O empresário estava com Mandado de Prisão Provisória decretado pela Justiça, acusado de estar envolvido em fraude, formação esquadrilha e lavagem lavagem de dinheiro em contratos entre a empresa dele, responsável pelo transporte aéreo de pacientes por intermédio da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau).

Ex-secretários

Na tarde de ontem, o ex-secretário da Saúde de Rondônia Williames Pimentel e o ex-diretor financeiro da pasta Humberto P. Chaves, também suspeitos de estarem envolvidos no esquema foram presos depois de se apresentarem na Draco. Pimentel cumpre prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica.

O ex-secretário ajunto da Sesau Luís Eduardo Maiorquim, outro acusado de envolvimento no caso também foi liberado na noite de ontem. Ele estava internado no Hospital João Paulo II quando recebeu a notícia por volta das 22h através de um oficial de Justiça que foi até o Pronto Socorro. Ainda em estado de saúde que inspira cuidados, Maiorquim foi encaminhado para o Hospital Central, onde recebe tratamento médico.
Outros sete servidores da Secretaria Estadual da Saúde (Sesau/RO) presos durante a Operação, foram liberados no último domingo (31).

Por Rondonoticias