Notícias de Polícia

CAOS NA SEGURANÇA – Mesmo sob intervenção militar, apenado é espancado dentro de cela e morre em UPA

Postado em 08/02/2019 às 23h03min


CAOS NA SEGURANÇA – Mesmo sob intervenção militar, apenado é espancado dentro de cela e morre em UPA

Samuel Ouvidio de Moraes de 36 anos morreu nesta sexta-feira (8), após dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), da zona Leste de Porto Velho, vitima de espancamento dentro de uma cela no presídio Urso Panda.

O apenado foi severamente agredido por um grupo de presos rivais. O motivo das agressões não foram esclarecidas, porém há indícios de briga de facções.

O caso coloca em questão a decisão do governo em colocar militares para atuar nas cadeias públicas, uma vez que agentes penitenciários estão em greve. O governador do Estado, Marcos Rocha decidiu não atender as pautas de reivindicação dos servidores do quadro da Secretaria de Justiça (SEJUS), e decretou intervenção militar. Esse não é o primeiro episódio que ocorre nas unidades prisionais, desde que o decreto foi assinado. Princípio de motim e rebelião já ocorreram e deixam apenados e familiares com medo de uma possível matança.

A tal decisão do governo desagrada toda classe carcerária, uma vez que os agentes possuem experiência em custódia de detentos, totalmente contrária à atuação de polícias.

Por JH Notícias