Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019

Notícias de Polícia

Garota acusada de encomendar a morte do padrasto se apresenta junto com marido e os dois são presos

Postado em 23/11/2018 às 09h14min


Garota acusada de encomendar a morte do padrasto se apresenta junto com marido e os dois são presos

Foi preso na manhã desta quinta-feira, 22, no Forum de Vilhena, ao se apresentar junto para responder por um homicídio registrado na cidade, o casal Rafaeli Feliz de Souza, e o marido dela, Jean Carlos Tavares Brunelli. Os dois são acusados de envolvimento na morte do agricultor Valdir da Silva Guimarães, 40 anos. Ele foi executado a tiros pelo genro e, de acordo com a investigação policial, o crime teria sido encomendado pela enteada da vítima. O assassinato aconteceu na Linha 140, no final de agosto deste ano. Lembre aqui.

Conforme fontes policiais ouvidas pela reportagem, Rafaeli e Jean Carlos estavam foragidos desde a data do crime, mas ambos tinham as prisões decretadas. Mesmo os acusados estando acompanhados por advogado, durante a audiência o juiz do caso chamou a polícia e determinou que os dois fossem levados para a prisão: ele foi encaminhado para a Cadeia Pública e ela seguiu para a Colônia Penal Feminina de Vilhena, onde aguardarão o julgamento. Eles devem ser submetidos a júri popular, em data a ser marcada.

De acordo com o delegado Núbio Lopes de Oliveira, que indiciou o casal pelo homicídio, eles não foram ouvidos no inquérito, mas as provas contra ambos apontam os indícios de autoria e a motivação do crime.

Por Folha do Sul