Siga nossas redes sociais

Domingo, 03/07/2022

JH Notícias

Polícia

NO JP II – Morre o médico agredido a pauladas em União Bandeirantes

WhatsApp

Morreu na manhã desta quinta-feira (20) o médico Roberval Ferreira de Lima, que estava internado na UTI do Pronto Socorro João Paulo II em estado grave, após ser encontrado com vários hematomas na cabeça no último sábado (15) em frente à unidade de saúde em União Bandeirantes, distrito de Porto Velho.

Segundo o Pronto Socorro João Paulo II, o médico passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) o profissional havia deixado a unidade de saúde por volta de meia-noite, foi para seu apartamento, que fica em frente ao pronto atendimento. As 2h50, o motorista da unidade o encontrou do lado de fora do portão desmaiado.

A ocorrência informa que as agressões iniciaram dentro do apartamento e o mais provável é que a vítima tenha voltado à unidade para pedir socorro.

Ele estava jogado no estacionamento da unidade de saúde com cortes na cabeça e lesões nos olhos. Durante diligências, realizadas pela PM, um pedaço de madeira, que seria a arma usada no crime, foi encontrada no local.

Veja nota do Pronto Socorro João Paulo II

O Médico Roberval Ferreira de Lima, chegou na madrugada de sábado no pronto Socorro João Paulo II, gravemente ferido, com traumatismo craniano. Vítima de suposta agressão. Assim que chegou na unidade, foi prontamente atendido, fazendo imediatamente uma cirurgia pela equipe de neuro cirurgiões. Em seguida indo pra UTI, em estado grave. Apesar de todos os cuidados e um esforço mútuo de toda uma equipe, o médico veio a falecer na manhã desta quinta-feira (20). A direção do Pronto Socorro João Paulo II e todos os servidores, lamentam essa grande perda de um profissional que se dedicou parte da sua vida para salvar pessoas.

Curtiu? Siga o JH NOTÍCIAS no Facebook, Instagram e no Twitter.

Entre no nosso Grupo do WhatsApp e receba as últimas notícias de Rondônia.

Por JH Notícias

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em Polícia